Notícia

30/05/2019 - FERRARI SF90 STRADALE CHEGA COM 1.000 CV DE POTÊNCIA HÍBRIDA

FERRARI SF90 STRADALE CHEGA COM 1.000 CV DE POTÊNCIA HÍBRIDA Imagens e fotos de carro

Finalmente, depois de alguns adiantamentos, o fabricante italiano apresentou o novo Ferrari SF90 Stradale, um novo modelo híbrido que desta vez não será uma edição especial limitada como ocorreu com o Ferrari LaFerrari, mas pelo contrário, fará parte da linha de modelos da marca de Maranello.

O Ferrari SF90 Stradale toma seu nome do monolugar de Fórmula 1 que nesta temporada é pilotado por Sebastian Vettel e Charles Leclerc e acrescenta o sobrenome ‘Stradale’ para indicar que se trata de um veículo que pode ser conduzido em estradas abertas.

Esteticamente falando, o novo SF90 compartilha os principais traços de estilo com os atuais modelos de motor central da marca italiana, com alguns sinais de identidade que são próprias do F8 Tributo, mas com uma carroceria de linhas mais suaves e algumas novidades que são próprias do modelo, como o desenho da traseira e as lanternas traseiras de formato quadrado.

Em relação ao interior do novo Ferrari SF90, não há grandes novidades em relação ao F8 Tributo, já que o painel é de desenho bastante similar. Conta com instrumentação digital configurável, que se integra com o sistema de infotainment através de uma tela curva de 16 polegadas, que ademais integra os comandos do climatizador.

O Ferrari SF90 Stradale assenta suas bases sobre uma nova arquitetura, construída com materiais leves como o alumínio e peças forjadas. Os engenheiros conseguiram um peso total de somente 1.540 quilos, ainda considerando que só o sistema híbrido plug-in pesa 270 kg.

Debaixo do capô do novo Ferrari SF90 Stradale se esconde um motor V8 Turbo, integrado a três motores elétricos que em conjunto desenvolvem 1.000 cv de potência, combinados com um sistema de tração integral. Desse modo, o novo SF90 se transforma no modelo de produção mais potente da história da legendária marca italiana.

Com o novo SF90 Stradale Ferrari dá formalmente início à era híbrida para seus modelos de produção regular. O motor está situado em posição central-traseira, e trata-se do mesmo motor V8 de 3.9 litros que atualmente pode ser encontrado no Ferrari F8 Tributo, embora nesta ocasião o propulsor leve incorporado um motor elétrico situado entre o motor a combustão e a transmissão de dupla embreagem e oito relações.

Ambos os propulsores se combinam com outros dois motores elétricos situados sobre o eixo dianteiro, obtendo uma potência total combinada de 1.000 cv e tração nas quatro rodas. O motor V8 produz sozinho 780 cv de potência, enquanto que os três motores elétricos se combinam entre si para obter 220 cv adicionais, totalizando os 1.000 cv.

O Ferrari SF90 Stradale é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em somente 2.5 segundos e alcançar os 340 km/h de velocidade máxima, e de acordo com os dados fornecidos pelo fabricante, é 1 segundo mais rápido que o LaFerrari na pista de Fiorano. Além disso, este híbrido plug-in pode funcionar em modo puramente elétrico graças à sua bateria de 7.9 kWh de capacidade, podendo completar 25 quilômetros com uma carga completa.


Autor: PlanetCarsZ