Notícia

11/01/2017 - MERCEDES-AMG PROJECT ONE: ESSE É O NOME OFICIAL DO FÓRMULA 1 DE RUA DA MARCA

MERCEDES-AMG PROJECT ONE: ESSE É O NOME OFICIAL DO FÓRMULA 1 DE RUA DA MARCA Imagens e fotos de carro

Durante o Salão de Detroit esta semana, a Mercedes-AMG confirmou novos dados do seu próximo hiperesportivo híbrido, que até agora era conhecido somente pelo código R50. Hoje se sabe que a marca o denomina de Project ONE.

A marca alemã confirmou sua apresentação em setembro de 2017 durante a celebração do Salão de Frankfurt. Em seguida ao evento, a marca começará o desenvolvimento do esportivo em estradas com os primeiros protótipos funcionais. Seu lançamento comercial, ou melhor, as entregas aos primeiros clientes, já que o modelo está com sua produção limitada totalmente vendida, será a partir de 2019.

No total serão por volta de 300 unidades do modelo que serão produzidas pela Mercedes-AMG, cujo preço, ainda desconhecido, estará acima dos 2 milhões de euros. Um preço até que razoável, levando em conta as especificações que contará esse esportivo especial, com tecnologia derivada diretamente da Fórmula 1.

O próprio CEO da AMG, Tobias Moers, confirmou em Detroit que o grupo propulsor será o mesmo V6 de 1.6 litros híbrido que a marca utiliza em seus bólidos de F1, com ‘pelo menos 1.014 cv’, revelando que os motores elétricos darão torque às rodas dianteiras, portanto, já sabemos que contará com tração total, pelo menos enquanto os motores elétricos estiverem operando. Além disso, terá um modo elétrico puro, sendo capaz de rodar até 25 quilômetros, impulsionado somente pelas rodas dianteiras.

De acordo com Moers, o projeto ainda está em uma etapa muito prematura, revelando que acabam de iniciar os testes dos primeiros motores. “Acabamos de ligar o primeiro motor funcionando em baixas rotações e em marcha lenta, o que é uma revolução para um motor de Fórmula 1 cuja marcha lenta não fica abaixo de 3.000 rotações. É complicado”. Acrescentando que “conseguir um Fórmula 1 de rua e legal em termos de emissões e coisas assim, é um verdadeiro desafio. A rotação desse motor será um número de cinco dígitos.”

Além disso, Moers confirmou também que o modelo contará com uma aleta vertical ao estilo dos LMP1 e que estará dotado de sistemas de aerodinâmica ativa. Por enquanto tampouco ficou claro onde será fabricado. Segundo Moers, é um tema que ainda está se discutindo, mas confirmou que a mecânica está sendo desenvolvida pela mesma equipe encarregada dos motores de F1.

Autor: PlanetCarsZ