Notícia

03/09/2013 - O LANÇAMENTO MUNDIAL DO PORSCHE 918 SPYDER OCORRE NA IAA 2013

O LANÇAMENTO MUNDIAL DO PORSCHE 918 SPYDER OCORRE NA IAA 2013 Imagens e fotos de carro

- O pioneiro tecnológico Porsche 918 Spyder será lançado no Salão Internacional do Automóvel (IAA) deste ano em Frankfurt.

- O supercarro esportivo com direção híbrida plug-in marca o início de uma nova era de fabricação de carros esportivos.

 

Nunca antes um supercarro esportivo concebido para o uso diário ofereceu um desempenho dinâmico tão impressionante combinado com o consumo de combustível de um carro compacto.

Ao estabelecer este ponto de referência tecnológico, o Porsche 918 Spyder está assumindo um papel pioneiro similar ao desempenhado pelo 911 quando ele foi revelado no IAA há cinquenta anos.

Para comemorar este aniversário, a Porsche está apresentando o modelo “50 years 911” de edição limitada.

Baseado na plataforma do 911 Carrera S, este modelo especial combina as características tradicionais do 911 com tecnologia de última geração. A Porsche está completando sua oferta de modelos de carros esportivos com o novo 911 Turbo, que está sendo apresentado ao público pela primeira vez neste salão do automóvel de grande importância em Frankfurt.

Além disso, a nova geração do Panamera está demonstrando a cobertura exclusiva das linhas de modelos Porsche. Sendo ele o primeiro híbrido de tomada na categoria luxo, o pioneiro Panamera S E-Hybrid está comprovando que a Porsche é a empresa líder nesta área, com sua experiência no desenvolvimento de conceitos de direção com consumo eficiente de combustível para carros esportivos. O Panamera Diesel, o Gran Turismo com melhor consumo de combustível para viagens de longa distância que agora oferece uma potência de 300 cv também será colocado à exposição. 

A combinação excepcional de desempenho e eficiência tradicionais da marca ainda é a arma secreta da Porsche quando se trata de conquistar novos recordes de vendas.

Matthias Müller, o Presidente e Diretor Executivo da Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG recentemente afirmou: “Entre os meses de janeiro a julho conseguimos entregar cerca de 95.300 novos veículos ao redor do mundo; isso representa um aumento de 17% em comparação aos sete primeiros meses de 2012. Portanto, estamos muito confiantes sobre os próximos meses e agora acreditamos com firmeza que teremos vendido mais veículos até o final de 2013 do que vendemos no ano anterior. Tomando por base a situação atual de nossos negócios, estamos no rumo certo para termos mais um ano recordista, e isso apesar de o clima econômico neste momento estar longe de estar satisfatório”.

O ano de 2012 foi o ano mais bem sucedido da história da Porsche, com a venda de 143.096 veículos e um faturamento de 13,9 bilhões de dólares. 

O marca genética da Porsche para o futuro: o 918 Spyder com direção híbrida de alto desempenho 

O 918 Spyder é a continuação do DNA tradicional da Porsche em um conceito inovador de carro esportivo.

Projetado desde o início para ser um híbrido de alto desempenho, o 918 Spyder conta com uma combinação não vista anteriormente de desempenho (oferecendo a potência de 887 cv de um supercarro esportivo) e a movimentação virtualmente silenciosa de um veículo elétrico.

O veículo consegue acelerar de zero a cem km/h em 2,8 segundos e oferece um consumo médio de combustível de 3,0 e 3,3 litros/100 km.

O conceito do 918 Spyder também permite que um motor a combustão seja combinado com um motor elétrico para maximizar ainda mais o desempenho dinâmico do veículo. 

Um ícone entre os carros esportivos comemora seu aniversário com o modelo “50 years 911” de edição limitada

Desde seu lançamento no IAA em setembro de 1963, o 911 tem sido reverenciado por entusiastas de carros esportivos por todo o mundo, que o consideram a epítome do carro esportivo.

O campeão de vendas está agora comemorando seu quinquagésimo aniversário em Frankfurt, e a Porsche está a celebrando a ocasião com um modelo de edição limitada que toma por base o 911 Carrera S atual.

Apenas 1.963 modelos especiais serão colocados à disposição, o mesmo número do ano de lançamento mundial do 911.

Além de um pacote abrangente de funções e diversas referências visuais aos anos iniciais deste icônico carro esportivo, este modelo 911 muito especial combina exclusivamente a carroceria larga dos modelos com tração nas quatro rodas com a direção nas rodas traseiras tradicional do 911 original, que também contava com um motor com seis cilindros opostos que transmitia a potência às rodas traseiras. 

O novo 911 Turbo: dinâmica de direção máxima, consumo de combustível mínimo

O primeiro protótipo do 911 Turbo foi exibido no IAA em 1973, dez anos depois que o 911 original havia sido lançado.

Para o quadragésimo aniversário do modelo, a Porsche está apresentando o 911 Turbo e o Turbo S de nova geração, que oferecem o ápice da tecnologia e desempenho dinâmico do modelo 911.

Características como a tração quatro por quatro completamente nova, esterçamento ativo das rodas traseiras, aerodinâmica adaptável, faróis inteiramente feitos de luzes LED e o motor com seis cilindros opostos com 560 cv de potência e duplo turbocompressor realçam o papel da nova geração do 911 Turbo como um ponto de referência tecnológico tanto para carros de corrida como para supercarros esportivos de uso diário.

O desempenho dinâmico também foi melhorado através do sistema de compensação contra movimento de rolagem por controle dinâmico do chassi da Porsche (Porsche Dynamic Chassis Control, PDCC), que está aparecendo pela primeira vez nos modelos do 911 Turbo.

Este sistema, bem como o pacote Sport Chrono, suportes dinâmicos do motor e freios de cerâmica PCCB, fazem parte do equipamento de fábrica do 911 Turbo S, sendo que todos eles estão à disposição como opcionais para o 911 Turbo.

Estas modificações diminuíram o tempo de volta pelo novo 911 Turbo S no circuito norte da pista de Nürburgring para 7min 27seg, usando pneus de fábrica padrão, é claro.

Ao mesmo tempo, ambos os carros esportivos de primeira categoria são ainda mais eficientes, com um novo consumo de combustível de acordo com o Novo Ciclo de Direção Europeu (NCDE) de 9,7 litros/100 km, que é 15% menor que o anterior.

 

Autor: PlanetCarsZ