Notícia

06/12/2017 - SEAT QUER AUMENTAR SUA PARTICIPAÇÃO NA AMÉRICA DO SUL: CHILE, URUGUAI E ARGENTINA ESTÃO NOS PLANOS

SEAT QUER AUMENTAR SUA PARTICIPAÇÃO NA AMÉRICA DO SUL: CHILE, URUGUAI E ARGENTINA ESTÃO NOS PLANOS Imagens e fotos de carro

A SEAT está atravessando um excelente momento, com vendas que continuam crescendo graças à chegada de novos modelos, como o Arona e o Ateca. Agora, a marca espanhola aposta em sua expansão internacional, e os mercados da América do Sul são seu próximo desafio, com o foco apontado especialmente na Argentina, Chile e Uruguai.

O México é o mercado mais bem sucedido para a SEAT dentro do continente americano e nada menos que o quarto mercado a nível mundial. Para expandir sua presença nos mercados da América Latina para além das fronteiras da Europa, a marca acredita que o México poderá transformar-se na plataforma para sua expansão na região.

A empresa espanhola entende que para conseguir aumentar sua penetração nos países da América Latina, a chave será conseguir montar seus modelos na região. Também produzir alguns deles no México se encontra dentro das possibilidades.

Essa estratégia permitirá à empresa superar alguns obstáculos administrativos e principalmente reduzir os custos, embora o Grupo Volkswagen ainda não tenha tomado uma decisão.

Dentro dos mercados da América Latina, a SEAT está presente atualmente no México, Colômbia e Peru. A chegada à América do Sul permitirá à marca espanhola ganhar participação de mercado na região. Além das fronteiras da América Latina, a SEAT aposta no fortalecimento de sua presença em algumas regiões como Turquia, Israel e o Norte da África.

Por enquanto a SEAT não confirmou como será formada a linha para cada um dos mercados sul-americanos, mas no México a marca oferece atualmente os Toledo, Ibiza, León e Ateca. Os modelos com menos possibilidades de chegar serão os Mii e o Alhambra, dadas suas características, enquanto que o Ateca e o próximo SUV de grandes dimensões que a marca lançará em 2018 poderão estar dentro das possibilidades para o futuro.

Autor: PlanetCarsZ