2018 - NOBLE M500

O Festival da Velocidade de Goodwood foi o evento escolhido pela Noble para revelar o novo M500, um modelo que inaugura uma nova linha de produto para o pequeno fabricante britânico de superesportivos. Embora ainda não tenham sido divulgadas todas as suas especificações, foram confirmados alguns detalhes, como o seu posicionamento na linha, onde estará situado abaixo do M600.

O veículo apresentado em Goodwood por enquanto é somente um modelo em escala do novo esportivo, embora a Noble confirmasse que apesar de ser um simples modelo estático, conta com a configuração definitiva da versão de produção, que será revelada no próximo ano.

À primeira vista podemos ver como o novo Noble M500 conta com uma linguagem de design e traços muito inovadores para a marca, pois se distancia consideravelmente do resto dos modelos conhecidos da linha. Suas formas são bem mais esculpidas e fluidas, fugindo dos marcados ângulos utilizados na transição entre diferentes superfícies que até agora caracterizavam os desenhos da marca britânica.

Esteticamente será muito difícil perceber que estamos diante de um Noble. Pois a parte frontal é muito afilada e já não dispõe da parte plana dos modelos anteriores, assim como o capô e os voluptuosos arcos de roda. O último pilar é muito inclinado e se funde com a entrada de ar inferior de uma maneira muito suave. Na porta surge um entalhe que abre espaço para o ar precisamente em direção à entrada de ar lateral.

Esse modelo utilizará o motor V6 EcoBoost de 3.5 litros da Ford, o mesmo bloco utilizado por modelos como o Ford GT, mas com uma configuração um pouco diferente, pois a marca confirmou que entregará somente 550 cv. Curiosamente, se o motor procede da Ford, os faróis dianteiros são de origem General Motors, pois são os mesmos utilizados no Corvette C7 Stingray.

Por enquanto não foram revelados nem o desempenho nem o preço do modelo, que deverá ser um pouco mais barato que o Noble M600 atual, que é um modelo que pode superar os 300.000 dólares. Os rivais do M500 serão os Porsche 911 Turbo e os McLaren Sport Series, como o McLaren 570S.