BAKER ELECTRICS

A “Baker Motor Vehicle Company “ foi um fabricante de carros elétricos de Cleveland, Ohio entre 1899 e 1916. A fábrica da Baker estava localizada na Euclid Avenue.

O primeiro modelo da Baker foi um dois lugares que era vendido ao preço de 850 dólares. Um deles foi vendido a Thomas Edison como seu primeiro carro.

Em 1902, um carro da Baker, pilotado pelo fundador Walter C. Baker, com uma carroceria tipo Torpedo, bateu o recorde de velocidade e foi o primeiro carro a ser equipado com cintos de segurança. O carro era capaz de superar os 120 km/h.

A linha foi ampliada a dois modelos em 1904, ambos eram de dois lugares sendo montados sobre chassis de madeira, e na parte central do veículo se localizavam os motores elétricos e as baterias de 12 células. O carro menor tinha 0,75 cv e pesava 295 kg. O “Stanhope“ de carroceria descoberta tinha 1,75 cv e a transmissão era de três velocidades. Pesava 431 kg, custava 1.600 dólares e era capaz de alcançar os 23 Km/h.

Em 1906, a Baker fabricou 800 carros, transformando-se automaticamente no maior fabricante de veículos elétricos do mundo até então.

Em 1907, a linha da Baker tinha 17 modelos. O menor era o “Stanhope“ (descoberto) e o maior era o Coupe “Inside Drive Coupe”. Existia também uma versão de um Coupe estendido “Extension Front Brougham“ que custava 4.000 dólares e que tinha o banco do condutor situado de forma diferente imitando um taxi Hansom. A Baker também lançou uma linha de caminhões com capacidade de até 5 toneladas.

Em 1913, a Baker foi alcançada em vendas pela Detroit Electric e em 1914 se fundiu com o fabricante de automóveis de Cleveland “Rauch & Lang”, para transformar-se em “Baker, Rauch & Lang”. Os últimos modelos Baker foram fabricados em 1916, mas a fabricação de caminhões elétricos industriais continuou durante mais alguns anos. A Baker, Rauch & Lang, através de um contrato, continuou fabricando veículos para Owen Magnetic.

Walter C. Baker se converteu em conselheiro da Peerless em 1919.

Carros Relacionados