CATERHAM

Falar em Caterham, é dizer Lotus Seven.

Depois de ter produzido mais de 3.000 unidades do Lotus Seven desde 1957, a marca britânica encerrou sua produção. Então Graham Nearn, da Caterham, adquiriu de Colin Chapman em 1973, os direitos para produzir o modelo com exclusividade.

A relação da Caterham com a Lotus vem de longe. Essa relação iniciou em 1959, quando a empresa estava situada nos arredores de Caterham, Surrey, no Reino Unido.

A Caterham, com seu CEO Graham Nearn à frente, esteve envolvida continuamente com os Lotus Seven desde que a Lotus o fez concessionário único em 1967.

Desde 1973, a Caterham fabricou sempre diferentes versões do Lotus Seven, que geralmente se comercializava em forma de kit.

O primeiro modelo foi chamado Caterham Seven, e com o transcorrer dos anos, a Caterham seguiu desenvolvendo o modelo gradualmente, com motores mais potentes, melhorando o chassi de fibra de carbono e a suspensão.

Em 1991, a Caterham introduziu o Seven JPE, que alcançava os 160 km/h em 12,41 segundos.

Sua produção atual é de cerca de 600 unidades anuais que são fornecidas ao mundo inteiro.

Carros Relacionados