Fabricantes

imagens e fotos de carros

AEROCAR

A Aerocar, também conhecida como Taylor Aerocar, da “Aerocar Internacional”, de Longview, Washington, foi um veículo a meio caminho entre um carro e um avião, desenhado e construído por Moulton Taylor em 1949.

Ainda que se tratasse do “carro voador” mais famoso e com o melhor desenho dos que apareceram até agora, e apesar de terem sido fabricados apenas seis exemplares artesanalmente, o Aerocar nunca chegou a entrar em produção. Os protótipos eram vendidos ao preço de 12.500 dólares.

O desenho de um carro que se transformava em um avião desenhado por Moulton Taylor remonta a 1946. Durante uma viagem a Delaware, Taylor manteve contato com o inventor Robert E. Fulton, Jr., que já havia desenhado um primeiro aeroplano transformável em carro, o Airphibian. Depois da visita, Taylor achou que o desenho de asas desmontáveis de Fulton poderia ser melhorado, substituindo por um sistema de asas que poderiam ser dobradas. Outro inconveniente do Airphibian era que ele tinha a hélice na parte frontal, o que esteticamente o faria parecer muito mais um avião que um carro. Ainda que a ideia fosse a mesma, não se passava o mesmo com o conceito, uma vez que o Airphibian pretendia converter um avião em carro, e o Aerocar era exatamente o contrário.   

O primeiro protótipo do Aerocar já utilizava asas dobráveis. Este sistema permitia a uma pessoa converter o veículo terrestre em um veículo aéreo em apenas cinco minutos. Ao retirar a placa da matrícula traseira, essa mesma pessoa podia unir o tubo de reação e acoplar o propulsor. Tanto as asas dobráveis como a unidade da cauda foram desenhadas para serem rebocadas pelo próprio veículo. O Aerocar podia alcançar uma velocidade terrestre de 100 km/h e uma velocidade aérea superior a 180 km/h

Em 1956 foi obtida a certificação civil e Taylor conseguiu um acordo com a “Ling-Temco-Vought” para a futura produção em série do veículo, mas com a condição de que Taylor fosse capaz de conseguir pelo menos 500 pedidos. Como não conseguiu mais da metade dos pedidos necessários, os planos de produção em série não se concretizaram e somente chegaram a ser fabricadas seis unidades, das quais uma voltou a voar em 2006 e outra foi reconstruída pelo próprio Taylor e é o único exemplar do denominado Aerocar III.

Filtrar por

1956

AEROCAR