ASTON MARTIN DBS SUPERLEGGERA

2019 - ASTON MARTIN DBS SUPERLEGGERA

ASTON MARTIN DBS SUPERLEGGERA imagens e fotos de carros

Após uma série de vazamentos procedentes dos diferentes eventos privados de apresentação organizados pela marca nos últimos dias, finalmente a Aston Martin revelou as primeiras imagens oficiais e todos os dados do novo Aston Martin DBS Superleggera, a versão mais poderosa da linha britânica, sem contar o Aston Martin Valkyrie, que ainda não chegou às ruas.

O novo DBS Superleggera é a versão mais potente e de maior desempenho do Aston Martin DB11. Assim como o também recém-revelado DB11 AMR, o DBS toma como base o Gran Turismo de doze cilindros, mas com uma personalidade muito mais esportiva, aproximando-se dos superesportivos mais seletos do mercado. Mais leve e mais potente que o DB11, conta com uma configuração única, incluindo a parte estética.

Da mesma maneira que as últimas versões Vanquish, seu antecessor, o novo DBS continua sendo basicamente um DB11, mas com suficientes detalhes diferenciadores em termos de design, como a nova parte frontal com uma enorme grade central, duas novas entradas de ar laterais e um capô com novas saídas de ar. Na parte traseira surgem novas ópticas, um difusor mais agressivo, quatro saídas de escape e um pequeno aerofólio fixo com acabamento em fibra de carbono à vista.

Em relação ao chassi há muitas mudanças. O DBS Superleggera justifica a sua denominação com uma redução de peso que a marca britânica cifra em 70 quilos em relação ao DB11 de doze cilindros, graças principalmente à utilização da fibra de carbono. A marca reconfigurou a suspensão ativa e o equipamento de freios que agora é maior, com discos carbocerâmicos e pinças de seis pistões no eixo dianteiro.

As melhorias mecânicas ainda não foram anunciadas, mas o motor V12 sobrealimentado de 5.2 litros do DB11 agora entrega 725 cv e 900 Nm de torque máximo. A transmissão é nova, uma caixa ZF automática de oito velocidades de novo desenvolvimento. No eixo traseiro surge também um diferencial de deslizamento limitado.

O interior surge com o mesmo desenho e elementos do DB11 do qual deriva, sem novidades, mas com uma configuração de elementos e acabamentos específicos para o DBS. Os bancos são de couro com elementos geométricos e as diversas inserções contam com texturas exclusivas dessa versão. Painel de instrumentos e sistema multimídia são os mesmos da versão regular, e inclusive os comandos da transmissão (que é nova) continuam sendo os mesmos botões sobre o console central.

A denominação DBS Superleggera do modelo não é casual, já que este não é o primeiro modelo da marca que a utiliza. Ela pertence ao encarroçador italiano Touring e servia para nomear um método de construção ultraleve em alumínio que foi utilizado por inúmeras marcas. Hoje em dia essa tecnologia está obsoleta, mas a tradição da denominação é mais que suficiente para adornar qualquer modelo.



26/06/2018

NOVO ASTON MARTIN DBS SUPERLEGGERA COM 725 CV AGORA É OFICIAL