BMW Z4 ROADSTER UK VERSION

2019 - BMW Z4 ROADSTER UK VERSION

BMW Z4 ROADSTER UK VERSION imagens e fotos de carros

A BMW apresentou o novo Z4 no final do último mês de agosto em Monterey, mas mostrou somente a proposta mais radical e potente da linha, o Z4 M40i com um motor de seis cilindros em linha com 340 cv. Agora, pouco tempo antes da apresentação no Salão de Paris 2018, a marca da Baviera mostrou as outras versões.

Quando for lançado no mercado, em março do próximo ano, o BMW Z4 estará disponível com três versões distintas, todas elas a gasolina: sDrive20i, quatro cilindros e 197 cv; sDrive30i, quatro cilindros e 258 cv, e claro, o M40i com 340 cv.

BMW Z4 sDrive 20i: É a versão de entrada do Z4 e tem por base um motor de 2.0 litros e quatro cilindros que produz 197 cv entre as 4.500 e as 6.500 rpm.

Esses números, com o torque máximo de 320 Nm (entre as 1.450 e as 4.200 rpm), fazem com que essa versão seja capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 6,6 segundos, sendo que a velocidade máxima está fixada nos 240 km/h.

Para esse motor, que surge acoplado a uma transmissão Steptronic de oito velocidades, a BMW anuncia um consumo médio entre os 16,4 e os 16,7 km/l.

BMW Z4 sDrive30i: Essa é a versão intermediária do Z4 e recebe um motor de 2.0 litros e quatro cilindros que gera 258 cv de potência - entre as 5.000 e 6.500 rpm - e 400 Nm de torque máximo, entre as 1.550 e as 4.400 rpm.

Esse motor surge acoplado a uma transmissão automática Steptronic de oito velocidades, sendo capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,4 segundos, com uma velocidade máxima fixada nos 250 km/h. A marca alemã anuncia um consumo médio entre os 16,4 e os 16,7 km/h.

BMW Z4 M40i: A versão topo de linha do Z4 conta com um bloco de 3.0 litros e seis cilindros em linha que desenvolve 340 cv - entre as 5.000 e as 6.500 rpm - e 500 Nm de torque máximo.

Esse motor, combinado com uma transmissão automática Steptronic de oito velocidades, faz com que essa versão do Z4 acelere de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos e que alcance os 250 km/h. Nesse caso, o consumo médio está fixado entre 13,5 e 14 km/l.

Quem optar pela versão mais potente, a M40i, contará com a suspensão adaptativa M de série, que reduz a altura do solo em 10 mm, assim como o sistema de freios esportivos M e o diferencial traseiro M Sport. A BMW destaca ainda a distribuição de peso perfeita (50:50) e o avançado sistema de suspensão com um eixo traseiro de cinco braços.

Com 4.32 metros de comprimento, 1.86 metros de largura e 1.3 metros de altura, o novo Z4 é consideravelmente superior ao seu antecessor, com a BMW a dando-lhe bitolas mais largas e uma distância entre-eixos mais curta. Essas mudanças permitiram ganhar muito mais volume de carga no porta-malas, que agora se fixa nos 281 litros independentemente da capota estar recolhida ou não.

Produzido nas instalações da Magna Steyr em Graz, na Áustria, o Z4 estará disponível com nove cores de carroceria e com duas cores para a capota de lona, preta (de série) e cinza escuro (opcional). E como sempre, o cliente poderá optar por marcar ainda mais o caráter esportivo dessa proposta com os packs M Sport ou Sport Line, que acrescentam alguns elementos estéticos e rodas de maiores dimensões.

Dentro do habitáculo destacam-se os bancos esportivos e os acabamentos em couro e Alcantara, para o caso da versão M40i. Quase tudo pode ser personalizado e como acontece com o exterior, quem optar pelo pack M terá um volante esportivo M e um conjunto de pedais esportivos.

Destaca-se ainda a dupla de telas de 10.25 polegadas que assumem as funções de painel de instrumentos digital e sistema multimídia, a tecnologia NFC que permite atualizações automáticas via ‘cloud’ e claro, a possibilidade de contar com uma chave digital no seu smartphone.

Como assinalamos antes, o esportivo será apresentado ao público no início do próximo mês de outubro, no Salão de Paris.