CITROËN BERLINGO VAN

2019 - CITROËN BERLINGO VAN

CITROËN BERLINGO VAN imagens e fotos de carros

Até agora está disponível somente a versão de passageiros do novo Citroën Berlingo, mas agora a marca francesa acaba de apresentar a versão comercial desse modelo que começará sua produção na fábrica espanhola de Vigo, para que as primeiras entregas comecem no final deste ano depois de sua apresentação no Salão de Paris 2018. 

Trata-se de um modelo completamente novo que não compartilha nada com seu antecessor graças à plataforma modular EMP2, por isso conta com as mesmas características dos modelos compactos e de segmentos superiores da Citroën, Peugeot e DS, mas com óbvias diferenças técnicas. Esteticamente compartilha a identidade frontal com o Jumpy diferenciando-se da versão de passageiros, enquanto que na traseira mantém o estilo característico do Berlingo com seus grupos ópticos verticais. 

A lateral é oferecida completamente panelada e com uma ou duas portas corrediças para facilitar a carga em espaços estreitos. Na parte traseira as portas são de abertura convencional em um ângulo de até 180º e de forma assimétrica 40/60. Inclusive está disponível uma versão com escotilha de teto para objetos muito altos, solução que não será possível com duas portas laterais deslizantes e no tamanho XL. 

O novo Berlingo Van será oferecido com dois comprimentos de carroceria - como na tabela abaixo - com as mesmas opções para a configuração da cabine, estreando o conceito de ‘Cabine Estendida’ com o banco dianteiro para três passageiros e com um quadro de instrumentos ampliado. 

Esse novo conceito da cabine é configurável e conta com um assento lateral que pode ser abatido para aumentar o comprimento de carga. De outro lado, também oferece a versão ‘Silhouette’ que acrescenta uma banqueta traseira aumentando o transporte para até cinco passageiros e sem reduzir o espaço de carga da versão XL. Abaixo a tabela com as medidas do Berlingo:

Citroën Berlingo Van M / Citroën Berlingo Van XL

O novo Citroën Berlingo Van conta com um indicador de sobrecarga, uma ferramenta inédita no segmento e na categoria dos comerciais, que avisa o condutor quando o limite máximo de peso autorizado é superado, e inclusive é capaz de detectar se o peso da carga se aproxima do permitido, uma função que se ativa automaticamente ao dar a partida no motor ou parado através da pressão de um botão, o que aumenta a segurança a bordo.

As possibilidades oferecidas pelo novo comercial leve da Citroën aumentam com as versões ‘Worker’ e ‘Driver’. A primeira é focada aos profissionais de serviços com uma altura do solo 30 milímetros maior, além dos seguintes detalhes: sistema ‘Grip Control’ com ‘Hill Assist Descent’ com cinco modos de condução - Standard, Neve, Lama, Areia, ESP OFF; pneus de 690 milímetros de altura; piso de carga com revestimento de plástico; carga útil aumentada a 1.000 kg; sistema de iluminação reforçada e tomada de 12 V.

A versão ‘Driver’ surge com um equipamento específico composto de climatizador bizona, sensores de chuva e luzes, regulador e limitador de velocidade, freio de estacionamento elétrico, rádio com tela de 8.0 polegadas e o sistema ‘Surround Rear Vision’ com tela a cores de 5.0 polegadas, concebido especialmente para a versão panelada com três câmeras de alta resolução.ura com os espelhos retrovisores recolhidos / ** Medida com Cabine Estendida

Para o fabricante francês, o novo comercial mais leve não deve nada aos outros modelos da linha, com um amplo equipamento de segurança ativa e diferentes assistentes à condução, entre os quais se destacam: assistente automático de luzes de estrada; monitoramento do ângulo morto; reconhecimento de sinais; controle de velocidade constante adaptativo com função STOP e assistente de estacionamento lateral.

Somam-se ainda os assistentes de conectividade, como o navegador GPS ‘Connect Nav’ com funções ‘Mirror Screen’, ‘Android Auto’ e ‘Apple CarPlay’, chamada de emergência e assistência em estrada ‘Citroën Connect Box SOS Pack’ e uma função de carga sem fios para dispositivos móveis.

A linha de motores será formada por dois blocos, o gasolina de 1.2 litros PureTech e o diesel 1.5 BlueHDi, somando um total de seis versões disponíveis associadas a uma transmissão manual de seis velocidades ou automática de oito relações, esta última com aletas no volante. Em seguida as possíveis combinações, destacando que as versões diesel de 75 e 100 cv somente serão oferecidas com transmissão manual de cinco velocidades.

Versão mecânica / Transmissão



27/06/2018

CITROËN BERLINGO VAN: CHEGA A NOVA VERSÃO COMERCIAL DO MODELO FRANCÊS