CITROËN C3 WRC

2017 - CITROËN C3 WRC

CITROËN C3 WRC imagens e fotos de carros

A Citroën revelou a decoração definitiva do C3 WRC para a nova temporada do Mundial de Rallys (WRC), carro com o qual a marca francesa pretende retornar ao topo da categoria.

Depois de surgir em 1997, os World Rally Cars foram evoluindo progressivamente nas suas definições, tanto no controle do seu desempenho como em termos de custos. A alteração mais profunda foi introduzida para a temporada de 2011, com a introdução de modelos mais compactos com motores 1.6 turbo de injeção direta. A temporada de 2017 fica marcada pela entrada em cena de uma nova geração de carros, concebidos para serem os mais eficientes e mais espetaculares jamais vistos nas provas do Campeonato do Mundo.

O desenvolvimento do novo Citroën C3 WRC teve início em abril de 2015. Esse trabalho foi aprofundado com maior rigor a partir da validação do programa pela cúpula do Grupo PSA. Em 19 de novembro desse ano, quando foram anunciados os futuros planos esportivos da Citroën, o C3 WRC já existia, mas em uma versão virtual. Em seguida deu-se o início da construção do primeiro protótipo.

No dia 11 de abril deste ano, Kris Meeke tomava o seu volante para um primeiro contato no circuito de Versailles-Satory. Em seguida, a equipe rumou a Languedoc para realizar a primeira sessão de testes nas pistas de terra de Château Lastours. O carro contava com uma decoração camuflada, destinada a esconder os traços do estilo do novo Citroën C3, modelo que ainda não havia sido revelado.

Ao ritmo de uma sessão de testes de quatro a cinco dias por mês, o desenvolvimento prosseguiu em diversos tipos de piso, buscando a confiabilidade e o desempenho. No final de junho, foi atingido um ponto essencial com a chegada de uma segunda unidade, destinada a rodar no asfalto.

Nos bastidores, o pessoal da Citroën seguia buscando novas evoluções, ao mesmo tempo em que se realizavam diversos testes em túnel de vento, antes de se concluir, definitivamente, as formas da carroceria. Confirmado como piloto oficial da Citroën Racing até 2018, Kris Meeke efetuou a maior parte dos testes dinâmicos. Em cada sessão, o seu trabalho era apoiado por Craig Breen e Stéphane Lefebvre.

No total, o Citroën C3 WRC acumulou 10 sessões de testes para um total de 9.500 quilômetros. A última etapa, indispensável antes da estreia do carro em competição, foi a sua homologação pela Federação Internacional do Automobilismo (FIA), que aconteceu no último dia 13 de dezembro.