FERRARI F250 GTO 3387 GT

1962 - FERRARI F250 GTO 3387 GT

FERRARI F250 GTO 3387 GT imagens e fotos de carros

As oscilações dos mercados teve um efeito direto sobre o preço dos automóveis antigos: o aumento dos preços. Há seis anos seria difícil imaginar que um dos esportivos mais cobiçados de todos os tempos - o Ferrari F250 GTO - pudesse ultrapassar a barreira mítica dos 30 milhões de dólares. Mas em 2014 um exemplar foi vendido por 38 milhões de dólares e agora, um modelo que está sendo leiloado pelos britânicos da Talacrest poderá ultrapassar facilmente esse valor.

Com o número de chassi 3387 GT, este exemplar de 1962 do F250 GTO foi o segundo a sair das linhas de montagem da Ferrari em Maranello e o primeiro a entrar em competição. Depois de uma breve carreira com modelo de teste, esse Ferrari passou para as mãos da NART (North American Racing Team) e competiu em 27 torneios alcançando um total de 17 pódios, incluindo um segundo lugar nas 12 Horas de Sebring (primeiro na classe) sob o comando de Phil Hill e um sexto nas 24 Horas de Le Mans (3ª classe).

Em 1975, Stephen Griswold comprou o carro por 13.000 dólares e restaurou-o devido a algumas pequenas batidas - afinal trata-se de um modelo de competição - tendo apenas substituído a parte superior do para-choque esquerdo original.

O preço deste Ferrari F250 GTO está em 55,8 milhões de dólares, e caso seja realmente vendido por esse preço, será o Ferrari mais caro da história - o que não significa dizer que ‘será o mais valioso’.