FERRARI F308 GTB GRUPO 4

1980 - FERRARI F308 GTB GRUPO 4

FERRARI F308 GTB GRUPO 4 imagens e fotos de carros

O Ferrari F308 GTB é considerado por muitos como o primeiro Ferrari de oito cilindros de rua, embora o Dino 308 GT tenha sido apresentado um pouco antes com o mesmo motor transversal de 3.0 litros, mas sem os emblemas da Ferrari. Pouco depois os utilizaria, mas inicialmente chegava aos clientes somente com o nome de Dino.

Embora o F308 GTB não tivesse sido desenvolvido como um veículo de competição, vários exemplares eram encontrados nos vários Rallys europeus nos anos seguintes, principalmente as poucas unidades desenvolvidas pelo especialista Michelotto. O encarroçador italiano preparou cerca de 14 versões especiais do F308 GTB Grupo 4, dos quais não se sabe sua localização nem seu estado atual.

Nesse caso específico, o modelo esteve à venda no leilão ‘Grand Marques Du Monde at the Grand Palais’, organizada pela Bonhams em Paris no início deste mês, um exemplar reconvertido às especificações Grupo 4. Este foi preparado pelo especialista JMR, que o submeteu a uma profunda preparação que incluía portas e capô em fibra de vidro, substituição dos vidros laterais e traseiro por Makrolon, um radiador maior e uma suspensão revisada, entre outros.

O resultado foi um F308 GTB mais leve e mais potente. Agora pesa por volta de 1.085 quilos e seu renovado motor, com novos pistões forjados, válvulas e demais componentes é capaz de entregar até 301 cv. Isso significa 200 quilos a menos e cerca de 46 cv a mais que o F308 GTB alimentado por carburadores.

Após sua restauração e transformação, esse F308 GTB foi utilizado por um piloto espanhol em alguns poucos eventos em 2016, como o Rally da Costa Brava, o Rally 2000 Virages e o Alp la Masella Hill Climb. Nesta última prova inclusive sagrou-se vencedor.

O modelo foi vendido por 186.500 euros, um preço bem superior ao das unidades Stradale regulares, que raramente chegam ou ultrapassam os 100.000 euros, a menos que estas correspondam às primeiras unidades fabricadas do modelo com carroceria de fibra de vidro no lugar de metal.

Pouco depois, a Ferrari cedia às exigências dos clientes e passou a montar carrocerias de aço na oficina da Scaglietti. Hoje em dia são as versões mais procuradas e valorizadas, com preços entre 150.000 e 200.000 euros.