FORD ESCORT

2019 - FORD ESCORT

FORD ESCORT imagens e fotos de carros

Nesta semana, uma das novidades da Ford que conseguiu captar toda a atenção foi a apresentação da quarta geração do Ford Focus em seus formatos de carroceria hatchback e perua, assim como também o novo acabamento Active que mostra o compacto com um aspecto crossover.

Mas na Ásia, o compacto da Ford estreou a carroceria sedan e particularmente no mercado chinês aconteceu a apresentação do Ford Escort 2019, uma atualização desse modelo relevante para esse mercado, que foi apresentado ao público em um evento especial que o fabricante realizou na cidade de Chongquing.

Exteriormente o renovado Ford Escort mostra-se mais moderno e estilizado, graças a uma nova parte frontal que estreia renovados faróis, assim como também uma nova grade, para-choque, novas luzes diurnas por LEDs e novos faróis antineblina. A traseira também foi objeto de revisão, embora com modificações de menor peso, com as lanternas agora contando com luzes LED, além de uma nova antena tipo tubarão que substituiu a anterior de formato convencional.

Em relação ao interior, o renovado Escort conta com um quadro de instrumentos atualizado, além de melhorias nas guarnições e nos materiais, com o propósito de aumentar a qualidade percebida. Em relação ao equipamento, nesse aspecto também há novidades, já que dispõe de um novo sistema de infotainment com tela táctil de 8.0 polegadas, retrovisor interno com atenuação automática, acesso sem chave, sensor de chuva, bancos dianteiros com a função memória, etc.

Em termos de motores, o renovado Ford Escort poderá ser encomendado com um bloco EcoBoost tricílindrico de 1.0 litro ou com o novo Ti-VCT de 1.5 litros, em ambos os casos combinados com o sistema Start&Stop e transmissão manual de seis velocidades ou automática de igual número de relações.

O Ford Escort já não é oferecido no ocidente há muitos anos, mas o modelo é muito bem aceito após o seu relançamento na China há pouco mais de três anos, com mais de 800.000 unidades comercializadas até hoje.