FORD MUSTANG BULLITT

2019 - FORD MUSTANG BULLITT

FORD MUSTANG BULLITT imagens e fotos de carros

A Ford revelou no Salão de Detroit 2018 aquela que será, sem dúvida alguma, sua novidade mais midiática do evento, a nova edição especial ‘Bullitt’ do Ford Mustang. Embora sua apresentação fosse esperada, pois já se falava em diversas ocasiões da chegada dessa versão especial, a marca não deixou de aproveitar o evento para trazer alguma surpresa.

A primeira delas foi a apresentação simultânea de um dos Mustang Bullitt originais. Um dos dois exemplares utilizados para o filme e que não foram vistos por décadas. Sabia-se que a Ford estava com a posse do exemplar perdido, aquele que supostamente havia sido desmontado, mas que apareceu milagrosamente abandonado no México no ano passado (aqui), no entanto, o exemplar das imagens que aparece abaixo não é o exemplar que a Ford apresentou à imprensa, mas o exemplar sobrevivente, que apesar de ser bem conhecido, seu último dono o havia escondido e não havia permitido que fosse visto por 40 anos.

Já falecido, seu filho foi o encarregado de mostrá-lo ao público. Seu pai, que o havia comprado sendo ainda um estudante, havia recebido uma infinidade de ofertas, tanto da Ford como do próprio Steve McQueen, assim como de outros astros de Hollywood. No entanto, sempre se negou a mostrá-lo, cedê-lo ou vendê-lo. Seu filho, agora o proprietário legítimo, contatou a Ford e o cedeu para os eventos.

A segunda surpresa veio por parte do motor. Embora estivesse claro que essa edição especial seria baseada no Mustang GT, equipado com a evolução do V8 Coyote de 5.0 litros do Mustang 2018, o que não se esperava era que esse bloco contasse com mais potência nessa versão. Debaixo do capô do Mustang Bullitt, o V8 modificado desenvolve 15 cv a mais, entregando oficialmente 482 cv, por isso se torna o Mustang de série mais potente disponível. Sem levar em consideração, é claro, todos os kits de potenciação disponíveis no mercado, alguns oferecidos pela própria marca.

O motor conta agora com um radiador maior, alguns elementos procedentes do Shelby GT350 e um sistema de escape específico e totalmente novo. A transmissão é manual, como nos veículos originais, e a alavanca de câmbio conta com uma empunhadura branca, em homenagem ao utilizado originalmente. Graças a este aumento de potência, o novo Mustang Bullitt pode contar com um melhor desempenho, incluindo um aumento da velocidade máxima de 13 km/h sobre o Mustang GT 2018 regular.

O novo Mustang Bullitt conta com o desenho exterior que já havia sido adiantado por diversas fotos vazadas nas últimas semanas. No exterior surge um acabamento de pintura exclusivo verde ‘Dark Highland Green’, em referência ao verde escuro dos veículos utilizados no filme de Steve McQueen, embora também esteja disponível uma opção em preto ‘Shadow Black’. 

O Mustang Bullitt perde grande parte de seus emblemas e cromados habituais em favor de uma imagem mais limpa e as rodas foram escurecidas no centro, com o aro exterior mostrando um acabamento metálico. O sistema de freios é assinado pela Brembo e conta com pinças de seis pistões no eixo dianteiro, todas de cor vermelha, o que lhe aporta esportividade.

No interior surgem revestimentos de cor preta e todos os elementos de equipamento do Mustang GT Premium com os pacotes Performance e Electronics, incluindo bancos esportivos Recaro com o emblema em verde escuro, sistema de infotainment com navegação e os sistemas de segurança habituais do modelo.