JAGUAR E-TYPE LIGHTWEIGHT

2014 - JAGUAR E-TYPE LIGHTWEIGHT

JAGUAR E-TYPE LIGHTWEIGHT imagens e fotos de carros

A Special Vehicle Operations vai estar com força total na edição deste ano do Pebble Beach Concours d'Elegance. Depois de ontem a Land Rover ter anunciado a apresentação do Range Rover Sport SVR, a Jaguar acaba de anunciar a apresentação do protótipo do novo E-Type Lightweight, do qual serão produzidos e comercializados seis unidades adicionais.

“O E-Type é um veículo icônico, e o E-Type Lightweight é o mais atraente de todos. Poder completar a produção inicial de 18 unidades, depois de cinquenta anos desde a produção do último «Lightweight» era uma oportunidade imperdível.” declarou John Edwards, Diretor Gerente da Special Operations da Jaguar Land Rover.

A Jaguar já tinha anunciado em maio passado a fabricação de seis novas réplicas do Jaguar E-Type Lightweight original. Cada um destes veículos será fabricado respeitando as especificações exatas do último E-Type Lightweight produzido em 1964 e será produzido artesanalmente nas mesmas instalações da Jaguar onde o E-Type foi fabricado pela primeira vez: a fábrica de Browns Lane, em Coventry, Inglaterra. Os novos E-Type Lightweight serão vendidos como veículos de competição históricos e todos poderão ser homologados pela FIA para competição.

Os novos veículos são os seis restantes do projeto Special GT E-Type. Iniciado em fevereiro de 1963, o projeto tinha como objetivo produzir 18 unidades, mas apenas 12 acabaram sendo fabricadas. Os seis números de chassis restantes permaneceram em estado oculto até agora, dado que os seis novos veículos com carroceria em alumínio irão incorporar os números de chassis históricos originais dos E-Type dos anos sessenta. O projeto vai exigir uma experiência, nível de atenção e detalhes excepcionais, pois a Jaguar está utilizando todos os seus recursos para assegurar que os seis novos Lightweight não sejam apenas autênticos, mas também, em complemento, fabricados com uma atenção extrema aos mais elevados níveis de qualidade.

Cada um dos seis clientes selecionados tem como garantia o fato de receber um veículo verdadeiramente excepcional. Cada um dos novos E-Type Lightweight serão fabricados artesanalmente em Browns Lane e será um veículo tão atraente como um dos originais. O componente central do E-Type Lightweight é a sua carroceria em alumínio. Este material substituiu o aço da produção do E-Type para redução do seu peso, conseguindo uma redução de cerca de 114 kg em relação ao modelo de série.

Apesar dos 50 anos de diferença, a fabricação em alumínio dos seis novos E-Type proporciona-lhes uma afinidade imediata com os modelos F-TYPE e XJ da linha atual da Jaguar, que são fabricados com carrocerias em alumínio.

O E-Type Lightweight era equipado com uma versão muito avançada do motor de seis cilindros em linha do XK da Jaguar, o qual graças aos dois eixos comando de válvulas com acionamento por corrente e à sua cabeça em alumínio com câmaras de combustão hemisféricas, continuava a ser considerado avançado em 1963, apesar de ter sido utilizado no XK-120 em 1948.

Este motor foi o responsável pelas 5 vitórias dos C-Type e D-Type em Le Mans durante a década de cinquenta e a unidade desenvolvida para o E-Type Lightweight baseia-se no motor de 3.868 cc com o qual o D-Type venceu em Le Mans em 1957. Tanto no caso da alimentação através de carburadores como de injeção de combustível, a potência supera largamente os 300 cv e com um torque de cerca de 380 Nm às 4.500 rpm, o motor do Lightweight disponibiliza uma elasticidade elevada, uma característica tradicional dos motores de competição da Jaguar.

A potência é transferida através de um volante leve de inércia reduzida, uma embreagem monodisco e uma caixa de velocidades manual de relações próximas, com quatro velocidades sincronizadas, da mesma forma que o E-Type Lightweight da época.

O Advanced Design Studio da Jaguar participou do projeto desde o início e teve a missão de conseguir o nível de revestimento apropriado para o novo veículo,  além de selecionar os materiais utilizados e o tipo e cor dos acabamentos.

“Com o E-Type Lightweight, o nosso objetivo como equipe de design era fazer justiça ao trabalho original de Sir William Lyons e Malcolm Sayer. No momento de fabricar uma réplica deste veículo, foi essencial prestar uma atenção meticulosa aos detalhes, da mesma forma que na produção dos nossos Jaguar contemporâneos. Creio que o resultado é um novo E-Type Lightweight tão impressionante agora como foram os originais quando eram novos”, afirma Ian Callum, Diretor de Design da Jaguar.



12/08/2014

JAGUAR REVELA PROTÓTIPO DO NOVO E-TYPE LIGHTWEIGHT