JAGUAR I-PACE CONCEPT

2016 - JAGUAR I-PACE CONCEPT

JAGUAR I-PACE CONCEPT imagens e fotos de carros

A Jaguar apresentou hoje (15/11) no Salão de Los Angeles, apenas para a imprensa, o primeiro SUV elétrico de alto desempenho da marca: o I-PACE Concept. A versão de produção em série será apresentada no final de 2017 e estará nas ruas em 2018.

“O I-PACE Concept é o símbolo da próxima geração de design de veículos elétricos com bateria. O seu design de grande impacto e futurista é fruto do DNA genuíno da Jaguar em conjunto com requintados detalhes luxuosos e acabamentos artesanais britânicos. Não se trata apenas de um protótipo: é uma antecipação de um veículo de produção em série de cinco lugares que será comercializado em 2018. Será o primeiro veículo elétrico Jaguar com bateria e abre um novo capítulo na história da nossa lendária marca”, afirmou Ian Callum, Diretor de Design da Jaguar.

O I-PACE Concept aproveita as possibilidades tecnológicas da condução elétrica apresentando grandes alterações no design. Por não necessitar de incorporar um motor a combustão interna e o respectivo túnel de transmissão, foi possível conceber o I-PACE Concept com o habitáculo mais próximo da dianteira, aumentar a distância entre-eixos e reduzir as projeções dianteira e traseira. Isso permite um perfil mais aerodinâmico e que a parte traseira apresente proporções mais poderosas. Aumenta também o espaço interior e melhora a dinâmica e visibilidade do veículo.

As dimensões gerais são tão compactas como as dos SUVs convencionais de dimensões médias, ou seja, com uma distância entre-eixos longa de 2.990 mm, criando um interior amplo e com um espaço para as pernas nos bancos traseiros encontrado apenas nos SUVs de grandes dimensões e nos sedans de luxo.

A distância entre-eixos longa e as projeções recortadas tornam possível incorporar um teto com design coupe. O habitáculo encontra-se em uma posição baixa entre os para-lamas fluidos, criando uma sensação de movimento, proporcionando à carroceria uma linha de cintura afilada que transmite velocidade. A forma dinâmica das janelas aumenta adicionalmente a semelhança do veículo com um esportivo.

As abas dos para-lamas são esculpidas sobre rodas Nighthawk de 23 polegadas em Technical Grey com inserções Gloss Black e acabamento polido Diamond Turned. O seu caráter dinâmico é reforçado com os pneus personalizados de 265/35/R23 que apresentam um padrão de piso exclusivo.

A grade dianteira larga e distinta com design hexagonal em Gloss Black mantém um elemento chave do design Jaguar, proporcionando também benefícios aerodinâmicos. O fluxo de ar é também direcionado através da grade no capô, inspirada no C-X75, contribuindo para diminuir a resistência. Os faróis full LED de perfil estreito incluem as luzes diurnas exclusivas da Jaguar, com o formato J-Blade.

Na parte traseira o spoiler em materiais compósitos realça o caráter esportivo do veículo e reduz a elevação da velocidade sem gerar resistência. O ângulo pronunciado do vidro traseiro é extremamente aerodinâmico e inclui um revestimento avançado no vidro para não precisar do limpador traseiro, permitindo uma linha visual muito limpa. O perfil contrasta com a traseira quadrada e a vista traseira de três quartos projeta uma imagem de potência e eficiência.

O design arrojado destaca não só a traseira recortada e as rodas proeminentes, como consegue também que o ar permaneça junto ao veículo durante mais tempo, estabilizando o fluxo em velocidades elevadas.

Os espaços originais de ventilação são um substituto visual para as ponteiras de escape, e em complemento, direcionam o ar turbulento das abas dos para-lamas traseiros para a esteira aerodinâmica do veículo. As lanternas traseiras em LED são muito similares aos de outros modelos Jaguar, mas a circunferência do gráfico transforma-se num quadrado para proporcionar um design mais arrojado e técnico. A luz de freio em LED encontra-se oculta sob o spoiler, portanto só pode ser vista quando o condutor freia.

O I-PACE Concept de cinco lugares é uma declaração de intenções da Jaguar no que diz respeito ao modelo de produção em série, com um design futurista, onde o protagonista é o interior, que surge amplo e espaçoso.

“A nossa missão era criar um SUV espaçoso de alta performance onde pudessem viajar comodamente cinco pessoas. Esse era o único requisito prévio nesse projeto e aproveitamos a liberdade que a eletrificação disponibiliza aos designers”, revelou Ian Callum.

A posição do condutor e dos passageiros é mais baixa que nos SUVs convencionais - os bancos permitem uma posição mais baixa em relação aos pés e esse modo de condução elevada esportiva ‘Sports Command’ proporciona a sensação de ligação de um veículo esportivo ao asfalto.

O painel de instrumentos em posição baixa realça as dimensões do interior graças às suas linhas horizontais simples e aos controles minimalistas. O console central conta com dois suportes metálicos em ‘looping’ que enquadram o acesso ao espaço para pequenos objetos sob o painel de controle, um detalhe que será incorporado em outros modelos Jaguar.

Esses suportes permitem também a substituição da seleção de velocidades tradicional por uma versão táctil. Os botões integrados permitem ao condutor selecionar as velocidades automáticas de forma intuitiva, simplesmente apertando o botão com o polegar.

O acabamento interior cria um contraste de texturas rico, com bancos dianteiros revestidos em couro Windsor com o padrão de losangos da Jaguar cortado a laser com costura dupla contrastante e arrematado com acabamento em fibra de carbono. Os encostos integram um acabamento em Moonstone Alcantara.

As portas apresentam uma composição de tons semelhante com acabamentos em alumínio, Alcantara e madeira de nogueira de poro aberto sem verniz. O suporte dos puxadores da porta inclui detalhes como as grades dos alto-falantes integrados ou um relevo em 3D em forma de diamante como uma alusão ao padrão de losangos da Jaguar.

O teto panorâmico integral amplia o ângulo de visão do para-brisa e o vidro funde-se perfeitamente com o interior graças ao estampado cerâmico com padrão de losangos que une o teto aos outros acabamentos da superfície interior. À noite, os LED integrados no teto iluminam o vidro decorado para criar um efeito visual.

Versatilidade

As instruções da Jaguar para criar o I-PACE Concept foram claras: criar um SUV de alta performance, espaçoso, esportivo e prático. O habitáculo avançado disponibiliza uma amplitude interior sem precedentes, que supera largamente o espaço que é possível disponibilizar em veículos de combustão interna.

Como não necessita de compartimento do motor e a bateria é posicionada entre os eixos, o design de habitáculo avançado permite uma distância entre-eixos longa e projeções recortadas. Tudo isso resulta em dimensões de 4.680 mm x 1.890 mm e uma distância entre-eixos de 2.990 mm.

Assim, o I-PACE Concept ocupa menos espaço na estrada que os SUVs tradicionais de dimensões médias e disponibiliza mais espaço aos ocupantes dos bancos traseiros que alguns SUVs de grandes dimensões e sedans de luxo. O I-PACE Concept dispõe de mais de 70 mm de espaço para os joelhos, garantindo conforto de primeira classe para os passageiros que viajam nos bancos traseiros.

Apesar da inclinação do vidro traseiro, o I-PACE Concept dispõe de um porta-malas de 530 litros, uma capacidade bastante superior à dos SUVs tradicionais. Em complemento, o porta-malas dianteiro encontra-se sob o capô e disponibiliza uma capacidade adicional de 28 litros.

Digital

O I-PACE Concept é o primeiro modelo da Jaguar que utiliza o novo design de ‘cabine de comando’ na zona de controle. A filosofia do design realça a tecnologia que melhora a experiência de condução, a ergonomia e a forma dos controles.

O console central flutuante do I-PACE Concept é uma amostra das evoluções da Jaguar em termos de ergonomia, funcionalidade e performance: o console eleva-se para se ligar ao painel de instrumentos e envolver o condutor. Em complemento, disponibilizam uma ligação mecânica com o veículo, já que a seleção de velocidades encontra-se integrada no console flutuante.

A informação é partilhada com o condutor de forma simples: os elementos gráficos da interface homem-máquina (HMI) apresentam um design editorial monocromático, além de refletir as tendências tecnológicas atuais. As fontes mais leves e a utilização moderada de cor permitem que a informação na tela seja apresentada de forma mais simples, melhorando a comunicação e reduzindo a carga de informação para o condutor.

As telas tácteis, seletores rotativos intuitivos e botões multifuncionais proporcionam um equilíbrio entre controles analógicos e interfaces interativas digitais para garantir que os olhos do condutor se concentrem sempre na estrada e não em seus dedos. A interface principal é uma tela táctil TFT de 12.0 polegadas que se funde com a superfície do painel de instrumentos.

Outra tela táctil secundária de 5.5 polegadas é combinada com dois seletores rotativos em alumínio gravado a laser que encerram no seu interior telas circulares de alta definição. Dessa forma, os ocupantes podem configurar o sistema de infotainment e ajustar o ar condicionado automático enquanto recebem a informação na tela de 12.0 polegadas na parte superior.

O I-PACE Concept inclui também um painel virtual configurável de 12.0 polegadas em alta definição e um HUD (Head-Up Display) a cores para garantir que o condutor tenha sempre à sua disposição a informação que necessita no momento e local adequados.

Além disso, o I-PACE Concept estreia um novo volante de três raios com interruptores tácteis multifuncionais, invisíveis à vista até se iluminarem, para melhorar a estética e adicionar funcionalidade ao alcance do condutor. Emitem também uma resposta de ‘micro clique’ ao serem tocados para aumentar a sua dimensão táctil.

Também, como ocorre nos veículos de produção em série, os ocupantes do I-PACE Concept podem utilizar aplicativos dos seus smartphones na tela táctil principal do veículo através dos InControl Apps. A linha de aplicativos está aumentando continuamente, contando agora com o aplicativo do Spotify que disponibiliza pela primeira vez listas de reprodução recomendadas na tela principal.

Performance e dinâmica

O I-PACE Concept dispõe de motores elétricos nos eixos dianteiro e traseiro. Em conjunto desenvolvem uma potência combinada de 400 cv e 700 Nm de torque instantâneo.

A tração elétrica nas quatro rodas permite conduzir em qualquer superfície e condição meteorológica com segurança total. A resposta é instantânea e o sistema proporciona um controle excepcional da distribuição do torque dianteiro-traseiro, para poder reagir imediatamente às ações do condutor, às particularidades da estrada e às condições do veículo.

“Os motores elétricos proporcionam uma resposta imediata, sem atrasos, mudanças de marchas nem interrupções. A experiência de condução é transformada graças ao torque, muito superior ao dos motores de combustão interna. Os 700 Nm e as vantagens da tração nas quatro rodas significam que o I-PACE Concept consegue acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos”, explicou Ian Hoban, Diretor de Linha da marca.

A dinâmica e capacidade de resposta do I-PACE Concept são melhoradas adicionalmente pelo posicionamento ideal da bateria sob o piso do veículo entre os eixos, baixando o centro de gravidade e diminuindo a inércia de viragem. Os engenheiros da Jaguar Land Rover desenvolveram internamente os motores elétricos síncronos de ímã permanente para conseguir o design mais compacto, a maior eficiência e a máxima densidade energética. O diâmetro exterior mede apenas 234 mm e o seu comprimento é de apenas 500 mm.

Em vez de seguir a configuração tradicional onde a transmissão se encontra à frente do motor, o I-PACE Concept apresenta uma distribuição concêntrica que assegura a máxima eficiência em termos de espaço e contribui diretamente para a excelente altura ao solo e o interior espaçoso.

A eletrificação permite também aumentar o conforto. Por exemplo, se for selecionado um nível elevado de carga regenerativa durante a frenagem em circunstâncias de trânsito intenso, é possível circular utilizando apenas um pedal sem ter de pisar no freio para imobilizar o veículo.

Para que os condutores possam utilizar e tirar o máximo partido da performance do I-PACE Concept com segurança, mesmo nas piores condições possíveis, os benefícios da tração nas quatro rodas foram maximizados com tecnologias vanguardistas de tração exclusivas da Jaguar, como o All Surface Progress Control (ASPC) e o Adaptive Surface Response (AdSR).

Eletrificação e emissões zero

Graças à pesquisa e inovação das equipes de engenharia e design, foi possível simplificar a experiência do proprietário e reduzir os obstáculos para a transição. Os motores elétricos, a bateria e os sistemas de gestão proporcionam o melhor desempenho possível e uma autonomia perfeita para a maioria dos trajetos quotidianos.

A autonomia do I-PACE Concept ultrapassa os 500 km no ciclo combinado europeu NEDC e 354 km no ciclo EPA dos Estados Unidos. Com trajetos médios diários de 40-50 km, a maioria dos clientes apenas terá que carregar o veículo uma vez por semana. A bateria pode ser carregada nos pontos de carregamento públicos, num ponto de carregamento específico em casa ou numa tomada doméstica convencional.

O carregamento é fácil e rápido, já que é possível carregar 80% das baterias em 90 minutos e 100% em pouco mais de duas horas, com um carregador de CC de 50 kW.

“Os veículos elétricos serão inevitáveis, e a Jaguar irá torná-los atraentes. Os veículos de emissões zero vieram para ficar e o I-PACE Concept encontra-se na vanguarda da revolução dos veículos elétricos”, acrescentou Ian Hoban.

O armazenamento de energia no I-PACE Concept é realizado em um conjunto de baterias de íons de lítio de 90 kWh com refrigeração líquida concebido e desenvolvido internamente na Jaguar. Produzida em alumínio leve, a carcaça da bateria é um componente integral na estrutura da carroceria do I-PACE Concept.

A bateria é composta por células planas, que foram selecionadas pela sua densidade energética, desempenho térmico superior e resistência interna mínima. Em complemento, proporcionam possibilidades infinitas de design. Ao contrário dos outros formatos de células que poderiam ter sido utilizados, proporcionam também um excelente potencial de desenvolvimento futuro, especialmente em termos de densidade energética, o que irá permitir maior autonomia com essa dimensão de bateria ou a mesma autonomia, mas com uma bateria menor e mais leve.

A refrigeração líquida é realizada através de um circuito específico com dois modos de funcionamento: em temperaturas ambientes moderadas, a bateria melhora a sua eficiência ao utilizar apenas um radiador para remover o calor gerado nas células, mas se a temperatura aumenta, o refrigerador ligado ao sistema de ar condicionado principal do veículo proporciona capacidade de refrigeração adicional para manter a bateria em condições ideais.

A bomba de calor inovadora integrada no sistema de climatização maximiza a eficiência energética. Essa bomba de calor é muito mais eficiente que o aquecimento elétrico tradicional, já que utiliza a energia do ar exterior para aquecer o interior, em vez de depender apenas da corrente da bateria. O resultado é um aumento de até 50 km na autonomia do I-PACE Concept, mesmo em condições de inverno com temperaturas abaixo de zero, quando mais se necessita de aquecimento.



15/11/2016

JAGUAR I-PACE CONCEPT REVELADO EM LOS ANGELES