KIA OPTIMA PLUG-IN HYBRID UK VERSION

2017 - KIA OPTIMA PLUG-IN HYBRID UK VERSION

KIA OPTIMA PLUG-IN HYBRID UK VERSION imagens e fotos de carros

A linha KIA Optima foi ampliada no Reino Unido com a chegada de novas versões. O sedan coreano apresenta mais duas opções aos britânicos, o KIA Optima PHEV 2017 e o KIA Optima Sportwagon 2017, duas alternativas que completam uma linha bastante atraente.

A KIA anunciou este ano seu compromisso de baixar as emissões totais de sua linha em 25% antes do final da década. Com a chegada do novo KIA Optima PHEV 2017 busca essa queda nas emissões. Por outro lado, a versão Sportwagon tem por objetivo oferecer aos compradores uma opção com uma maior amplitude e um porta-malas mais prático.

O KIA Optima PHEV é equipado com um sistema híbrido plug-in que combina um motor a gasolina de 2.0 litros com 154 cv de potência com um motor elétrico de 67 cv. Conta com uma bateria de 9,8 kWh e com ela é capaz de oferecer uma autonomia de 60 km. Em conjunto o sistema anuncia 202 cv de potência e 375 Nm de torque, com emissões de 37 g/km.

A versão híbrida do Optima conta com várias melhorias em sua aerodinâmica que conseguem bons números. Seu coeficiente de resistência aerodinâmica é de somente 0,25 Cx. As rodas foram escolhidas especialmente para essa alternativa, e são de 17 polegadas com pneus nas medidas de 215/55. Além disso, as suspensões foram revisadas para que as capacidades dinâmicas não fossem afetadas pelo peso das baterias. O equipamento de série é destacado, contando com sistema de iluminação com tecnologia LED, câmera de visão traseira e um completo elenco de sistemas de segurança.

Em relação ao Optima Sportwagon, o que se destaca nessa versão é o seu porta-malas com 552 litros de capacidade. Se os bancos forem rebatidos, o número se eleva para 1.686 litros, uma cifra superior ao seu irmão sedan. No Reino Unido chega com o motor 1.7 litros CRDI com o qual oferece 139 cv de potência e 340 Nm de torque. Essa mecânica anuncia 113 g/km de emissões, e se o modelo for equipado com uma transmissão de dupla embreagem, subirá para 120 g/km.