LAMBORGHINI COUNTACH TURBO S

1984 - LAMBORGHINI COUNTACH TURBO S

LAMBORGHINI COUNTACH TURBO S imagens e fotos de carros

Um dos esportivos mais bestiais já fabricados pela marca de Sant’Agata Bolognese é, ironicamente, também um dos mais desconhecidos: trata-se do Lamborghini Countach Turbo S. Dessa rara versão sobrealimentada do Countach foram fabricados apenas dois exemplares, e de maneira privada.

Até agora só havia sido catalogada uma das duas unidades dessa versão hipervitaminada do Countach, residente há anos em uma conhecida coleção alemã, enquanto que o segundo exemplar se dava por perdido há décadas. Não foi até o recente e fortuito descobrimento do pessoal da Curated, um especialista em modelos clássicos de Miami, que o exemplar desaparecido do Countach sobrealimentado pôde ser resgatado de um galpão onde esteve armazenado durante anos em Reno, Nevada.

Os dois únicos exemplares convertidos nas novas especificações mecânicas saíram da fábrica como unidades regulares do modelo. Um deles em sua versão LP500 S, o conhecido exemplar de cor preta que se encontra na Alemanha, enquanto o outro correspondia à versão LP400 S Series II e que pode ser visto nas imagens abaixo na cor vermelha incluindo algumas modificações de carroceria.

O distribuidor suíço da marca, Max Bobnar, foi o verdadeiro responsável por essa selvageria sobre 4 rodas que quase duplicava a potência do Countach original, mas o desconhecimento do modelo é tal, que muitos seguem pensando hoje em dia que se trata de um protótipo único realizado pela própria marca. Embora a verdade seja que Bobnar, na qualidade de importador da marca italiana, contava com muito boa relação com a fábrica, por isso que embora não se conheçam todos os detalhes do desenvolvimento desses modelos, custa crer que não contaram com algum tipo de apoio ou ajuda por parte da fábrica.

O segmento dos superesportivos era um nicho muito estranho na década de 80. Naquela época, quando nem sequer era de uso comum o termo superesportivo (‘supercar’), os modelos que podiam denominar-se como tal eram simplesmente os mais potentes e caros do mercado, por isso correspondiam a diversas tipologias e formatos. Era algo habitual na imprensa da época ver comparações desse segmento onde se mesclavam superesportivos puros de alto desempenho com GTs muito potentes e versões preparadas de outros modelos.