LAMBORGHINI HURACÁN LP580-2 SPYDER

2017 - LAMBORGHINI HURACÁN LP580-2 SPYDER

LAMBORGHINI HURACÁN LP580-2 SPYDER imagens e fotos de carros

A Lamborghini apresenta esta semana no Salão de Los Angeles, o novo Huracán LP580-2 Spyder. O novo modelo recebe a mesma carroceria aberta da versão com tração nas quatro rodas, embora os acabamentos sejam específicos para a versão de tração traseira.

Conta com a mesma estética do Huracán LP580-2 fechado, com uma frente e para-choque traseiro específicos, que lhe distingue facilmente das versões LP610-4 de tração total. As mudanças não param aí, já que assim como a versão fechada, o Huracán LP580-2 Spyder dispõe de outra especificação de motor, que reduz sua potência a 580 cv.

Esses 30 cv a menos apenas se notam graças à pequena diminuição do peso, por perder o sistema de tração total, e que no caso do coupe é de 33 quilos.

O desempenho dessa nova versão aberta de tração traseira é um pouco inferior ao da versão Spyder de 4 rodas motrizes. O novo Spyder LP580-2 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3.6 segundos, comparados aos 3.4 segundos que leva o LP610-4. Enquanto que a velocidade máxima é de 319 km/h, face aos 324 km/h que anuncia a versão de 610 cv.

A plataforma também recebe modificações, e para digerir toda a potência através de um só eixo, o pessoal da Lamborghini teve que ajustar tanto a suspensão como a direção. Assim como recalibrar o sistema de controle de tração. Já que não é só um pouco mais leve, como mudou a própria distribuição de pesos, sendo agora a proporção de 40/60 dianteira/traseira, respectivamente.

O sistema de teto é exatamente o mesmo encontrado no atual Huracán Spyder, ou seja, composto por uma capota de lona preta que pode ser aberta ou fechada em somente 17 segundos, manobra que pode ser realizada inclusive em movimento, em velocidades de até 50 km/h.

Por enquanto, a marca de Sant’Agata Bolognese não revelou o preço dessa nova versão, mas deverá estar situada entre o atual Huracán LP580-2 e as versões de tração total. Sua chegada aos principais mercados será a partir de janeiro de 2017.