LAMBORGHINI HURACÁN SUPER TROFEO EVO COLLECTOR

2019 - LAMBORGHINI HURACÁN SUPER TROFEO EVO COLLECTOR

LAMBORGHINI HURACÁN SUPER TROFEO EVO COLLECTOR imagens e fotos de carros

Direto da fábrica da Roger Dubuis, a prestigiosa marca de relógios com a qual a Lamborghini já leva um par de anos de estreita colaboração, chega o Lamborghini Huracán Super Trofeo EVO Collector 2019, a última atualização do superesportivo corridas-cliente da marca italiana. 

A marca de Sant’Agata Bolognese não resistiu e levar a Genebra este novo modelo, mas em vez de revelá-lo no evento suíço - onde os Lamborghini Huracán Evo Spyder e Aventador SVJ Roadster tomaram todo o protagonismo - optou por apresentá-lo na fábrica de relógios, localizada na mesma área do Palexpo, para dar um maior protagonismo a seu sócio. Quanto ao Huracán Super Trofeo EVO, estamos diante de uma versão otimizada do modelo existente, que foi mostrado em setembro de 2017 e estreará na copa monomarca da Lamborghini nessa mesma temporada.

Em seu desenvolvimento participaram tanto a Dallara Engineering, como o Centro Stile e a Squadra Corse da Lamborghini, algo que permitiu a esse Huracán receber um completo tratamento de fibra de carbono, tanto em seu chassi, como em sua carroceria para ser muito mais leve, rígido e aerodinâmico, características que disparam seu desempenho em circuito. Mas ao mesmo tempo, seu cuidado design também lhe permite mostrar detalhes decorativos em dourado que recorrem toda a carroceria até juntar-se de forma magistral em um teto onde o cronógrafo Excalibur Huracán Performante é o protagonista.

O kit aerodinâmico inclui para-choque dianteiro, traseiro e saias laterais específicas, assim como um grande aerofólio regulável que, segundo a marca, melhora a carga no eixo traseiro em alta velocidade. Todos esses componentes foram fabricados em fibra de carbono e os para-choques incluem também vários detalhes que também cumprem uma função aerodinâmica.  

Equipado com o motor V10 aspirado de 630 cv, que diferentemente do modelo de rua, neste de circuito a força é transmitida diretamente às rodas traseiras através de uma transmissão sequencial, atingindo uma velocidade máxima de 280 km/h, mas oferecendo números de aceleração, recuperação e passagem por curvas notavelmente superiores aos do modelo de série.

Esse bólido de circuito custa por volta 250.000 euros, mas os proprietários da versão standard podem adquirir em separado o kit aerodinâmico por um valor notavelmente inferior e que a marca não revelou.