McLAREN 600LT SPIDER

2020 - McLAREN 600LT SPIDER

McLAREN 600LT SPIDER imagens e fotos de carros

A McLaren revelou as primeiras imagens e detalhes do 600LT Spider, o terceiro modelo do seu projeto de superesportivos para pista, Track25, e o quinto automóvel com a denominação Longtail (LT), depois do F1 GTR Longtail (1997), dos 675LT Coupe e Spider (2015) e do 600LT Coupe (2018).

O novo conversível conta com teto rígido retrátil, composto por três peças, e é acionado por mecanismo elétrico, com o veículo circulando em uma velocidade até 40 km/h.

O 600LT Spider se beneficia de um desenvolvimento técnico similar ao do seu irmão Coupe e o mesmo motor V8 biturbo de 3.8 litros em versão otimizada no sistema de refrigeração e no sistema de escape, e com idêntico rendimento, de 600 cv e 620 Nm.

O motor, que surge acoplado a uma transmissão automática de sete velocidades, propulsiona o 600LT Spider de 0 a 100 km/h em 2.9 segundos, de 0 a 200 km/h em 8.4 segundos, apenas 0.2 segundos a mais que o Coupe. A velocidade máxima é de 324 km/h com a capota fechada, ou 315 km/h com o teto recolhido.

O chassi é monobloco em fibra de carbono, o mesmo material compósito do qual é produzida a carroceria de asa traseira fixa e que gera 100 kg de força descendente a 250 km/h, enquanto as suspensões são de duplos triângulos em alumínio forjado com amortecedores recalibrados em comparação ao Coupe. Além disso, os apoios do motor são mais rígidos e o sistema de freios conta com discos carbocerâmicos.

O 600LT Spider é equipado com pneus Pirelli P-Zero Trofeo R feitos sob medida e especificamente para pista. A experiência de condução é aprimorada pela revisão do mecanismo da direção, agora mais rápido e preciso, e pelas respostas ainda mais prontas do acelerador e dos freios às pressões nos pedais.

Ao baixar a capota do 600LT Spider revela-se o interior orientado para as altas performances e condução esportiva em pista, com revestimento quase integral em Alcantara, bancos do tipo bucket em fibra de carbono, iguais aos do McLaren P1. Os bancos de competição projetados para o McLaren Senna estão disponíveis como opcional ou integrado no pacote MSO Clubsport, igualmente com custo adicional.

Outras opções e medidas de economia de peso incluem a remoção dos sistemas de áudio e climatização.