McLAREN F1 DANDELIUM YELLOW

1997 - McLAREN F1 DANDELIUM YELLOW

McLAREN F1 DANDELIUM YELLOW imagens e fotos de carros

Trata-se simplesmente de uma descoberta incrível. Se as unidades regulares do McLaren F1 já são tremendamente valorizadas, como demonstram os altos preços obtidos em recentes leilões, este exemplar pode ser considerado único e uma raridade dentro da curta produção do modelo. Embora pareça incrível, 20 anos após ter saído da linha de produção, ainda segue novinho em folha.

Este exemplar mostra o número de chassi 060 dos 64 McLaren F1 de rua que foram fabricados. Foi colocado à venda em um estado de conservação único, não só nunca foi conduzido nem licenciado, como ainda conta com os plásticos protetores que o modelo saía da fábrica britânica.

Além disso, como é possível perceber nas imagens, surge em uma cor bastante incomum para esse modelo, o amarelo ‘Dandelium Yellow’, uma tonalidade que certamente poucas unidades foram pintadas.

Este exemplar está à venda no especialista em carros clássicos Tom Hartley Jnr por um preço não especificado, mas muitos já se aventuraram a afirmar que se for encontrado um comprador, poderá ser a unidade mais cara do modelo, cujo recorde está situado nos 15.62 milhões de dólares pagos no início do ano por um modelo com o chassi de número 44, o primeiro exemplar do F1 homologado nos Estados Unidos.

As fotografias revelam o incrível estado em que se encontra o carro. O interior ainda inclui os plásticos e protetores originais, assim como todos os acessórios que são incluídos no modelo, como as maletas laterais e inclusive o relógio exclusivo da TAG Heuer que era entregue a cada cliente e onde aparecia o número do chassi do veículo, que também está zero quilômetro.

Curiosamente, com o veículo também é entregue um kit de escape de reposição tipo LM e um volante tipo GTR com o emblema F1 combinando com a cor do veículo. Estas peças se encontram em suas embalagens originais, nunca foram instaladas no F1.

O velocímetro marca somente 239 quilômetros, lembrando que todos os McLaren F1 novos eram submetidos a uma série de testes, portanto, esta é a quilometragem que era entregue o modelo. É muito provável que seu futuro comprador, que será o segundo na história do modelo, não chegue a estreá-lo nunca. O preço que será oferecido este exemplar será bem mais elevado que as unidades regulares, por isso que provavelmente termine seus dias como peça de coleção e demore ainda muitos anos para ser estreado, se é que chegará a sê-lo algum dia.