McLAREN SENNA

2019 - McLAREN SENNA

McLAREN SENNA imagens e fotos de carros

A McLaren acaba de revelar o último integrante da linha Ultimate Series, o novo McLaren Senna. Seu nome requer de pouca explicação, sendo uma clara homenagem a um dos maiores pilotos de todos os tempos. Seu nome foi utilizado para batizar esse esportivo de dois lugares, que a marca britânica garante tratar-se do modelo de rua mais eficiente em pista de sua ainda curta história como fabricante de esportivos.

Esse modelo era conhecido pelo código interno de projeto P15 e não serve realmente ao propósito de substituir o McLaren P1 híbrido. O novo McLaren Senna é a opção mais radical e eficiente em pista, mas sem perder a capacidade de poder circular legalmente em estradas abertas.

Utilizando a última evolução do motor V8 de biturbo, geralmente usado pela marca em todos os seus modelos e que estreou com o recente McLaren 720S, o M840TR agora produz 800 cv e 800 Nm de torque máximo. Ao contrário do P1, este não conta com ajudas elétricas de nenhum tipo, portanto não é híbrido.

Construído sobre a última atualização de chassi monocasco de carbono da marca, denominado Monocage III, utiliza a suspensão revisada do McLaren P1 com amortecedores adaptativos, que a McLaren denomina RaceActive Chassis Control II (RCC II).

Estes estão interconectados mediante um sistema hidráulico que dispõe de 2 válvulas por amortecedor para controlar os movimentos de compressão e rebote. O que unido ao sistema K-damper de controle cinético, consegue que a estabilidade e a tração do modelo sobre o asfalto seja a mais ideal em cada momento, contando com todos os modos de condução que contava o P1 (Comfort, Sport e Track) aos quais se acrescenta o novo programa ‘Race Mode’.

O desempenho é o esperado de um modelo desse tipo, e embora por enquanto não tenham sido revelados os números exatos, os dados aproximados do novo McLaren Senna são brutais. É capaz de acelerar de 0 a 96 km/h (0-60 mph) em 2.5 segundos ou menos e sua velocidade máxima está acima dos 320 km/h. Não foi anunciado, mas se espera que se torne o McLaren de rua mais rápido até a data de hoje.

O design do modelo é muito rompedor, não conta com as habituais curvaturas e formas de outros modelos da marca. O Senna está cheio de entradas e saídas de ar e sua configuração aerodinâmica parece mais própria de uma versão track-only.

Em primeiro lugar, seu sinal mais distinguível é o seu imenso aerofólio traseiro fixo, que explica as misteriosas mulas de testes que puderam ser vistas com esse elemento nos últimos meses. Este é um dos aerofólios mais volumosos que surgiram em um modelo de rua da marca e deixa claro desde o primeiro momento que é destinado realmente à pista.

Somente na parte frontal é que surgem semelhanças com outros modelos da marca, ao contar com uma grande fenda para os faróis dianteiros com as formas habituais da marca de Woking. O restante podemos dizer que é tudo novo e não se parece com nada visto antes na marca.

O habitáculo é do tipo bolha e está envidraçado quase por completo, inclusive surge com aberturas transparentes nas portas que podem ser solicitadas com tampa de vidro ou de fibra de carbono. Essas aberturas aumentam a sensação de espaço e a conexão visual com a pista, mas não têm realmente uma função determinada, como encontramos em alguns todo-terrenos que utilizam esse tipo de janelas inferiores.

Será apresentado ao vivo no Salão de Genebra 2018 e terá uma produção de 500 unidades. Seu preço base é de 750.000 libras (3.3 milhões de reais) que uma vez sendo configurada a unidade, seguramente subirá até o milhão de libras (4.4 milhões de reais).



10/12/2017

McLAREN SENNA: SURGE A VERSÃO DE PISTA MAIS BRUTAL DA MARCA BRITÂNICA QUE PODERÁ RODAR NAS RUAS