MERCEDES-AMG GT R F1 'SAFETY CAR'

2018 - MERCEDES-AMG GT R F1 'SAFETY CAR'

MERCEDES-AMG GT R F1 'SAFETY CAR' imagens e fotos de carros

Em apenas alguns dias terá início a temporada 2018 de Fórmula 1 com a celebração da primeira corrida do mundial, o Grande Prêmio da Austrália. Assim como acontece em cada temporada, a expectativa em ver estrear os novos monolugares e pilotos é muito grande. Mas, além disso, também acontecerá a estreia do novo ‘safety car’, que será o novo Mercedes-AMG GT R.

A submarca esportiva da Mercedes-Benz volta a ser a escolhida para encarregar-se da importante tarefa de oferecer um ‘safety car’ que cumpra com todas as exigências da FIA. Chegará para ocupar o posto do Mercedes-AMG GT S, que foi o responsável por essa tarefa durante os últimos três anos. Além do que, com seu desembarque nos circuitos que compõem o calendário de F1, o Mercedes-AMG GT R passa a ser o ‘safety car’ mais potente de todos os tempos.

Debaixo do capô do Mercedes-AMG GT R se esconde um motor V8 biturbo de 4.0 litros com 585 cv e 700 Nm de torque máximo, que surge acoplado a uma transmissão automática de dupla embreagem de sete velocidades otimizada especialmente para a ocasião. Graças a essa mecânica, é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 318 km/h. Um desempenho perfeito para encabeçar um grupo de monolugares de Fórmula 1 no caso de algum incidente na pista.

O modelo topo da linha AMG GT será o encarregado da segurança nos circuitos da Fórmula 1 durante as corridas. Em relação ao modelo de série, as diferenças são notáveis.

O Mercedes-AMG GT R F1 Safety Car está equipado com o pacote AMG Track que conta com ‘santantônio’ e freios de alto rendimento carbocerâmicos. Em seu exterior surgem diferentes adesivos e uma placa de luzes. Este último é de fibra de carbono e foi projetado para oferecer a menor resistência possível.

O piloto do ‘safety car’ será Bernd Mayländery e o copiloto será Richard Darker, que também manterá contato por rádio com o controle de corrida e monitorará os monolugares mediante dois iPads. Para a gestão dos dados foi instalado no veículo uma conexão sem fios WLAN.