MERCEDES-BENZ S 560e PHEV

2018 - MERCEDES-BENZ S 560e PHEV

MERCEDES-BENZ S 560e PHEV imagens e fotos de carros

Esta edição do Salão de Frankfurt 2017 está sendo muito importante para a marca alemã, que encheu seu enorme estande com inúmeras novidades. Entre elas destacam-se, sem dúvida alguma, as novidades no âmbito da mobilidade sustentável, com apresentações importantes como o Mercedes-Benz EQA, o concept que adianta o primeiro compacto elétrico puro da nova família EQ da marca, o GLC F-Cell, a versão de célula de combustível de hidrogênio do crossover, o smart Vision EQ Concept e inclusive a apresentação do selvagem hiperesportivo híbrido Project ONE, que foi revelado neste salão.

Com essas apresentações, a Mercedes-Benz oferece uma boa amostra do futuro de sua linha, mas com a apresentação do novo S 560e Plug-in Hybrid, a marca alemã revela seu presente, pois esta é a versão que substituirá na linha do S Class, o anterior S 500e.

O novo Mercedes-Benz S 560e revela uma grande atualização para essa versão híbrida do S Class, com novidades em várias áreas e uma melhora significativa do desempenho e do rendimento. Essa versão chega após a atualização do S Class, que foi apresentada no último mês de abril, em Xangai, e que incluiu leves retoques estéticos e várias novidades na parte técnica.

O novo S 560e conta com um motor V6 a gasolina de 3.0 litros que produz 367 cv e 500 Nm de torque máximo que são enviados às rodas traseiras, apoiado por um motor elétrico que agora entrega 122 cv e 440 Nm de torque, o que permite ao S 560e acelerar de 0 a 100 km/h em somente 5 segundos, com uma velocidade máxima de 250 km/h.

No entanto, o mais importante é o rendimento elétrico, que permite reduzir o consumo médio homologado até impressionantes 47,6 km/l com emissões de CO2 de somente 49 g/km. Além disso, as novas baterias de 13.5 kWh lhe permitem uma autonomia em modo elétrico puro de 50 quilômetros, nada mal para um veículo do tamanho e peso do S Class. Essas novas baterias contam com o mesmo tamanho que as anteriores, mas graças à sua maior densidade, o pack não é de maior tamanho.

O porta-malas também foi melhorado, já que grande parte dos componentes eletrônicos foi deslocada para o vão motor, por isso o porta-malas ganha 15 litros de capacidade em relação ao S 500e. À primeira vista, não é possível diferenciar essa nova unidade híbrida do resto das versões de combustão tradicional, salvo pelos emblemas da traseira.