MINI JOHN COOPER WORKS RALLY

2017 - MINI JOHN COOPER WORKS RALLY

MINI JOHN COOPER WORKS RALLY imagens e fotos de carros

A introdução do totalmente novo MINI John Cooper Works Rally assinala o compromisso de longo prazo da MINI Motorsport com os rally-raids e com a Copa do Mundo FIA, com o lendário Rally Dakar e com o mais longo desafio de endurance, o Rally Rota da Seda.

O MINI John Cooper Works Rally de 2017 é um novo desenvolvimento da MINI e da X-raid e está destinado a repetir os sucessos conseguidos até agora. Com base no totalmente novo MINI Countryman, o seu dinamismo esportivo logo ofereceu uma plataforma para o novo MINI John Cooper Works Rally e para o seu papel de carro especializado para os rallys de todo-terreno.

Para produzir um carro capaz de enfrentar com sucesso e sobreviver às exigências dos rallys de todo-terreno é, por si só, um desafio. Entretanto, o MINI John Cooper Works Rally foi desenhado e construído para atingir e exceder o mesmo nível de sucesso do modelo anterior graças a extenso programa de desenvolvimento.

O MINI John Cooper Works Rally também será alvo de constantes desenvolvimentos através da parceira X-raid com o intuito de tornar o novo MINI John Cooper Works Rally vitorioso e icônico no mundo dos rallys de todo-terreno, assim como o antecessor. Ao mesmo tempo, as respostas técnicas obtidas através do programa de desenvolvimento competitivo podem, é claro, ser usadas para ajudar ainda mais aos programas de confiabilidade e performance em todos os aspectos dos MINI de produção.

MINI John Cooper Works Rally: mais é melhor

O MINI John Cooper Works Rally é um novo carro de competição e o resultado de extenso programa de desenvolvimento através da experiência de corridas conseguida com o atual MINI ALL4 Racing. Com base no novo MINI Countryman, o carro foi adaptado para responder às necessidades de segurança e atuais regulamentos de competição determinados pela entidade responsável pelo esporte motorizado, a Fédération Internationale de l'Automobile (FIA).

Durante a fase de projeto, desenvolvimento e produção do MINI John Cooper Works Rally foram muitas as áreas trabalhadas e o carro foi alvo de extensas alterações em comparação com o anterior carro de rallys de todo-terreno. As áreas que se seguem foram prioritárias para produzir um formidável pacote totalmente novo de carro de competição.

As áreas referidas foram alvo de muitas horas de pesquisa e testes de simulação para garantir que o MINI John Cooper Works Rally apresentasse um desempenho melhorado com menor consumo de combustível. As alterações também levaram a resultados muito positivos em termos de condução do carro, com ganhos na estabilidade, tração e agilidade. Quando confrontado com todo o tipo de terreno e condições de condução - da chuva à neve, a condições secas e áridas, de areia macia a lama profunda, de pistas de montanha a 3.000 metros acima do nível do mar a vales e rios - os melhoramentos no chassi e na preparação do motor são claros benefícios.

Exterior

O exterior do MINI John Cooper Works Rally replica o MINI Countryman, e por isso, o típico comportamento ágil do MINI para utilização em competição. É também uma das áreas do carro que recebeu particular atenção dos técnicos da X-raid. As muitas horas passadas no Túnel de Vento do Grupo BMW com especialistas em esportes motorizados da marca resultaram em melhorias aerodinâmicas que reduziram de forma significativa a resistência.

Por as dimensões gerais do MINI John Cooper Works Rally serem as mesmas (1:1) do carro de rallys anterior, e pelo desempenho do motor e peso geral do carro, como em anos anteriores, serem determinados pelos regulamentos FIA, a melhoria na aerodinâmica do MINI John Cooper Works Rally é importante para o incremento da velocidade máxima nas partes de pista aberta e plana, bem como para a necessária estabilidade quando em velocidade. As melhorias de aerodinâmica também contribuíram para a redução do consumo de combustível e um melhor sistema de arrefecimento.

A carroceria de compósitos, como fibra de carbono e Kevlar, é usada para o exterior do MINI John Cooper Works Rally, enquanto na parte inferior do carro é usada uma estrutura de colmeia em conjunto com os mesmos materiais. O uso desses materiais servem a três propósitos: 1) resistência e durabilidade - ideal para proteção acrescida de dois elementos; 2) peso reduzido com maior resistência; e 3) fácil remoção ou substituição dos painéis durante os períodos de assistência, ou em caso de danos.

A parte de baixo recebe agora os conjuntos de três pneus/rodas sobressalentes e dois macacos hidráulicos operados desde o habitáculo. Anteriormente, apenas dois pneus eram transportados na parte de baixo do carro. Ao deslocar o terceiro pneu do porta-malas para a parte de baixo do carro conseguiu-se um centro gravitacional mais baixo, assim como uma alteração na distribuição do peso que melhora a estabilidade e a dinâmica de condução.

Com a chegada do novo MINI John Cooper Works Rally, são introduzidas novas cores e estilos de decoração, mantendo sempre o estilo esportivo da linha John Cooper Works de estrada. A decoração contará com a exclusiva cor do MINI John Cooper Works, o Rebel Green, com o teto contrastante exclusivo do MINI John Cooper Works, o Chili Red, além das redesenhadas faixas Sport. As outras cores MINI para os carros X-raid são o Chili Red, White Silver e o Light White. O design exterior foi desenvolvido em colaboração com a equipe de Design MINI. Assim, o desenho original duro e vertical do novo MINI Countryman foi transferido para os carros de competição, como foi o caso do para-choque, grade, capô, geometrias laterais e traseira, luzes, calhas do teto e janelas laterais. Um novo estilo de roda de competição em liga também será utilizada em alguns eventos e deriva diretamente da linha de rodas extra do John Cooper Works.

O desenho original do novo MINI Countryman foi transferido para MINI John Cooper Works Rally enfatizando as principais características. A equipe de design projetou o carro à luz da ideia ‘forma acompanha a função’, alterando propositadamente o original. As luzes expressivas sublinham as linhas que são muito características do novo MINI Countryman. A carroceria em si é muito mais larga nos para-lamas, o que ajuda a integrar a entrada de ar à frente das portas.

O expressivo capô foi rebaixado para melhor visibilidade para os pilotos, melhorando o perfil do para-choque e o pacote óptico exterior do John Cooper Works ALL4 foi adaptado ao carro. As proteções laterais da parte inferior que aloja as rodas sobressalentes são novos painéis ‘Rocker’ e formam novo ícone do desenho do MINI John Cooper Works Rally.

A expressiva admissão de ar integrada na geometria do teto é enquadrada pelas calhas originais do teto. A traseira mostra a típica cascata MINI, uma afirmação de confiança e uma interpretação do Pack All4.

Chassis e componentes do chassi

Para garantir a segurança das equipes e em conformidade com os regulamentos, o quadro do chassi do MINI John Cooper Works Rally é substituído por uma estrutura especial construída de aço tubular de padrão aeroespacial. Desenhado especificamente para as exigências dos rallys de todo-terreno, o chassi é construído em total concordância com os padrões CP Autosport.

Enquanto o chassi principal serve de base à carroceria e funciona como esqueleto para os componentes de transmissão, a função do sub-quadro frontal é suportar o motor. O parceiro da MINI Motorsport, a X-raid, projetou o sub-quadro para ser removível. Com esse conceito, caso seja necessário, a remoção completa do motor é feita em pouco mais de uma hora.

A suspensão é fornecida pelo especialista Reiger Racing Suspension. Cada eixo está dotado de quatro unidades de suspensão totalmente ajustáveis (duas por roda), com um curso de 250 mm. As pinças de seis pistões em todas as rodas operam sobre discos de aço ventilados de 320 mm. Para garantir um desempenho de frenagem constante durante horas de exigente corrida e a elevadas temperaturas, as pinças do freio traseiro são arrefecidas a ar e água.

Motor e transmissão

O desempenho exemplar do motor em termos de resposta, entrega de potência e torque e no que toca à confiabilidade é garantida por um bloco diesel TwinPower Turbo de seis cilindros do Grupo BMW. Projetado com a competição de endurance em mente, o motor de cárter seco de 3.0 litros produz uma potência de 340 cv às 3.250 rpm e um torque aproximado de 800 Nm às 1.850 rpm, enquanto o restritor de ar é o de 38 mm, como imposto por regulamento.

O uso da tecnologia TwinPower Turbo do Grupo BMW é uma escolha óbvia para o MINI John Cooper Works Rally de entre toda a família de propulsores BMW. O potente motor já deu provas em competição ao levar o MINI às principais vitórias. Entregar desempenho de topo a baixos regimes contribui para a sua reconhecida confiabilidade e é ideal para todas as condições de terreno, das pistas pedregosas em uma subida, às estradas abertas e mais ao estilo do WRC. O consumo reduzido do motor de competição diesel também foi fator importante.

As melhorias no consumo de combustível surgem também através da utilização da nova gestão do mapeamento do motor. Muitas horas de testes resultaram em um maior potencial em condições de competição, particularmente em altitude.

O Rally Dakar 2017 enfrentará partes montanhosas na Bolívia de aproximadamente 3.000 metros acima do nível do mar. O reduzido nível de oxigênio a essas altitudes não só afeta o corpo e a mente de forma dramática, como também tem repercussões constantes no desempenho do motor; o novo mapeamento do motor garante que o MINI John Cooper Works Rally continue a ter uma excelente performance.

O MINI John Cooper Works Rally mantém o admirado desempenho competitivo do ALL4, colocando-o na categoria dos 4x4 de competição que levou a MINI Motorsport dominar os rallys de todo-terreno nos últimos anos.

A transmissão conta com embreagem AP Racing combinada com uma caixa sequencial de seis velocidades SADEV. Os diferenciais traseiro e dianteiro Xtrac bloqueáveis e arrefecidos a óleo, e o diferencial central SADEV entregam o máximo do desempenho do motor a todo o momento, independentemente do tipo de corrida e condições da corrida.

Para deleite dos fãs da MINI Motorsport e do MINI John Cooper Works, o MINI John Cooper Works Rally conta com um sistema de escape Akrapovic redesenhado, com novo desenho de ponteira de escape.

Interior

O habitáculo foi renovado. O painel de fibra de carbono é composto por três partes: unidades de informação do piloto, central e navegador, apresentam os dados essenciais. O piloto tem um mostrador da velocidade engrenada e um mostrador LED com as RPM e um alerta da relação de caixa escolhida. Velocidade, pressão do óleo, temperatura dos líquidos e funções eletrônicas são apresentadas no painel central para que ambos os elementos da equipe o vejam. Todos os sistemas de navegação encontram-se no painel do navegador.

MINI John Cooper Works Rally: a corrida continua

O trabalho continuado de testes e desenvolvimento é de extrema importância para o sucesso nas corridas. O novo MINI John Cooper Works Rally está atualmente sendo alvo dos últimos testes visando o Rally Dakar 2017 - o derradeiro teste em termos de rallys de todo-terreno de longa distância - e será o centro das atenções do pessoal da X-raid e dos engenheiros da MINI ao longo de todo o seu período de vida.

Falando sobre o novo MINI John Cooper Works Rally, Sebastian Mackensen, Vice-Presidente Sênior da MINI, disse:

“A MINI e a X-raid representam uma parceria lendária. Juntos moldamos a rica herança esportiva do presente desta famosa marca britânica com quatro vitórias consecutivas no Dakar e na Copa do Mundo de Rallys de todo-terreno da FIA, de 2012 a 2015, e queremos continuar na mesma direção e provar a verdadeira competitividade da John Cooper Works. Com a construção do novo MINI John Cooper Works Rally, a MINI está perfeitamente posicionada para fazer crescer os seus feitos esportivos.”

“Introduzir a famosa submarca MINI John Cooper Works nas atuais arenas dos rally-raids, rallys de todo-terreno e desafios de endurance do Rally Dakar e do Rally da Rota da Seda é testemunho do compromisso da MINI para com esse espetacular e emocionante esporte motorizado. Esse espírito de competição fará sempre parte dos genes da MINI e dos seus produtos.”

“A estreia competitiva do MINI John Cooper Works Rally no Rally Dakar 2017 é verdadeiramente dura. O Rally Dakar é o epítome dos rallys de longa distância, onde as exigências da competição impostas ao homem e máquina não têm igual, mas representam na perfeição o espírito esportivo da MINI Motorsport e da submarca John Cooper Works.”

A parceira da MINI no esporte motorizado, a X-raid, é fundamental para o atual sucesso competitivo, fornecendo o necessário apoio em corrida. Sven Quandt, CEO da X-raid, disse na apresentação do novo MINI John Cooper Works Rally:

“O totalmente novo MINI John Cooper Works Rally é claramente fantástico; é completamente diferente do modelo antecessor que construímos e desenvolvemos; é um carro baseado em contínuo desenvolvimento, bem como no túnel de vento. Com isso conseguimos melhor aerodinâmica, e em conjunto com outras características, melhoramos o desempenho do carro.”

“Uma das vantagens do desenvolvimento em túnel de vento é uma velocidade máxima mais elevada e melhor aceleração dos 140 km/h para cima - são áreas cruciais para o melhoramento. O centro gravitacional também desceu muito - colocamos cerca de 50 quilos para baixo em cerca de 50 centímetros no centro do carro, o que ajuda o comportamento num rally com muitas curvas. No todo, trata-se de um pacote totalmente novo e muito emocionante.”

MINI John Cooper Works Rally: especificações técnicas

MINI, herança no esporte motorizado

Nos anos 60 do século passado o preparador de carros de competição John Cooper tornou-se um nome famoso pelo seu potente e esportivo Mini Cooper S. Em resumo, John Cooper transformou o grande pequeno carro britânico numa lenda do esporte com sucessos em muitos rallys nacionais e internacionais. Em consequência, a marca MINI tornou-se sinônimo de rallys.

A rica herança do desempenho da MINI, com provas dadas nas corridas, continua viva hoje com a linha MINI John Cooper Works. Quando a primeira série dos novos carros britânicos MINI Cooper apareceram em 2001, era óbvio que o renascimento da marca tinha herdado o espírito esportivo do seu famoso nome. Conjugando a regulagem do motor, as melhorias de componentes e o belo estilo das linhas disponíveis na gama MINI John Cooper Works, a MINI e o esporte motorizado são uma combinação fantástica que continuará a brilhar como MINI Motorsport.

Apesar do muito reduzido tempo de desenvolvimento, a MINI Motorsport com o MINI ALL4 Racing - derivado do John Cooper Works Countryman de 2012 - conquistou inacreditável sucesso competitivo no mundo dos rallys de todo-terreno. O mais duro desafio dessa disciplina do esporte motorizado é, sem margem para dúvidas, a corrida de todas as corridas - o rally-raid anual de longa distância conhecido como Rally Dakar.

Tal foi o brilho e superioridade deste carro de competição nas experientes mãos dos especialistas de rallys X-raid e a pilotagem das apaixonantes formações da família MINI ALL4 Racing, que os carros venceram o Dakar por quatro vezes consecutivas: 2012, 2013, 2014 e 2015. Em 2016 a MINI voltou a triunfar entre as máquinas de quatro rodas motrizes.

Competindo na Copa do Mundo de Rallys de Todo-Terreno da FIA, a MINI voltou a demonstrar como sucesso gera sucesso. Após a primeira vitória na Copa do Mundo em 2012, o sucesso repetiu-se por mais três anos seguidos (2013 a 2015) para o desespero dos seus rivais.



17/11/2016

MINI JOHN COOPER WORKS RALLY: CORRER PARA O FUTURO