MITSUBISHI LANCER RS

2014 - MITSUBISHI LANCER RS

MITSUBISHI LANCER RS imagens e fotos de carros

Fruto de um projeto moderno e inovador, o Lancer RS se tornou o grande destaque da Mitsubishi Lancer Cup que, em 2014, comemorou a segunda temporada.

Desenvolvido pela Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors, o modelo é baseado no Lancer Evolution X, que reúne milhares de fãs em todo o mundo graças a sua esportividade, alto desempenho e muitas conquistas. O veículo é quatro vezes campeão do WRC (World Rally Championship), o rali mais importante do mundo e acumula outras 11 vitórias no P-WRC, categoria para veículos de produção.

Com todo esse gabarito, nasceu o Lancer RS, com um motor com 340 cavalos, 42 Kgfm de torque, câmbio sequencial de seis marchas e tração integral 4x4 com diferencial central ativo hidráulico.

"Em 2013, estreamos o Lancer R, primeiro modelo para competição no asfalto desenvolvido pela Ralliart Brasil. A partir dessa experiência, encontramos soluções para melhorar ainda mais o desempenho do carro e, consequentemente, oferecer ainda mais prazer e segurança na pilotagem. Trabalhamos em uma nova preparação do motor aliada a um câmbio sequência de competição", explica Guilherme Spinelli, diretor da Ralliart Brasil.

O Lancer RS tem painel digital touch screen Pro Tune® de 5,6”, com vários recursos que monitoram o veículo a cada volta, como: conta giros digital, shift light, medidor de força G, voltímetro, pressão de combustível, velocímetro, GPS e tempo de volta. Além disso, o sistema faz a coleta de dados, que depois pode ser revisada com exatidão para que o piloto esteja sempre se aperfeiçoando.

Os amortecedores são Öhlins® coil over com regulagem de bump e rebound, o sistema de freios é Brembo com Sport Mode e pastilhas High Performance de competição. Tudo isso com pneus Pirelli® slicks 265/645-18 e rodas de silício 7 = 9,5”.

"O freio com ABS foi um ganho para a categoria, já que é possível frear com mais eficiência. O câmbio sequencial também nos ajuda muito e o carro está mais forte, o que é bom para as retomadas. O conjunto está muito bom", destacou Fabio Viscardi, um dos líderes da temporada 2014. "O câmbio é sensacional e o carro é muito gostoso de dirigir. Tem mais torque, e o ABS é muito interessante", disse o piloto Mauricio Zanella.

Comodidade para pilotar

O veículo é oferecido aos pilotos pelo sistema sit&drive, proporcionando comodidade e facilidade, já que toda a logística, manutenção e desenvolvimento ficam por conta da Ralliart Brasil.

"O pacote inclui ainda combustível, peças de reposição, toda a logística, seguro, além de todo o apoio mecânico e o know how da engenharia da Ralliart Brasil. Desta forma, os pilotos precisam preocupar-se apenas com o prazer de dirigir", comenta Spinelli.

Estreante em 2014, o piloto Daniel Paludo, de Porto Alegre (RS), ficou impressionado com o Lancer RS e com a competição. “O carro é uma delícia de guiar. Além de ter a emoção da corrida, temos a facilidade do sit&drive, já que não temos um envolvimento fora da pista antes e depois da competição. E isso ajuda muito”, explica.

"Na semana da competição, a equipe de engenheiros, mecânicos e pilotos da Ralliart Brasil tem o cuidado de andar com todos os veículos para termos a certeza que estão 100% iguais. Dessa forma, a disputa passa a ser somente entre os pilotos", esclarece Guilherme Spinelli.

Lancer Cup

A Mitsubishi Lancer Cup é o primeiro campeonato exclusivo de Lancer Evolution para quem é movido por velocidade e adrenalina. É destinada a pilotos gentlemen drivers e, em 2014, foram sete etapas disputadas no moderno Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP).

Os pilotos participam de duas provas em cada etapa, sempre aos sábados. Na sexta-feira acontecem duas sessões de treinos livres, para aprimorar a pilotagem e conhecer ainda mais o carro e o circuito.

O autódromo Velo Città é homologado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), sendo um dos únicos do Brasil com essa chancela.

Com 3.493 metros, é cercado por matas preservadas e lagos. O traçado da pista conta com duas retas, sendo uma em descida seguida de uma curva em S e outra, mais longa, com quase 800m de extensão, que termina em uma curva acentuada para a esquerda. Considerada uma pista muito técnica, possui ainda 14 curvas em sentido anti-horário, tanto travadas quanto rápidas.