PEUGEOT 308 CC

2014 - PEUGEOT 308 CC

PEUGEOT 308 CC imagens e fotos de carros

Em seu portfólio de produtos, a PEUGEOT possui um dos veículos mais charmosos já desenvolvidos pela Marca. Combinando de forma harmoniosa e elegante duas silhuetas em um só veículo, o 308 CC oferece ao consumidor brasileiro a esportividade do coupe e o charme do cabriolet. Tudo isso em apenas 20 segundos, ao simples toque de um botão... O 308 CC reafirma a presença da PEUGEOT em um segmento histórico para a Marca. Acrescentando personalidade e emoção a uma nova experiência de condução, o modelo traz fortes atributos, como estilo imponente, design exclusivo e farto conteúdo tecnológico.

UM VEÍCULO DIFERENCIADO

Com um equilíbrio de volumes particularmente estudado, tanto em sua configuração cupê como na cabriolet, o 308 CC surge como uma escultura moderna, dinâmica e de temperamento forte. O para-brisa tem forte inclinação e os para-choques esportivos são vincados, com uma entrada de ar mais aberta e de grade cromada.

Os faróis de neblina têm contorno mais alongado e integram-se perfeitamente a outro elemento marcante, graças a seu formato de bumerangue: luzes diurnas em LED, que aumentam a visibilidade do veículo e, por consequência, sua segurança, conferindo uma assinatura luminosa única tanto de dia como a noite. O desenho do perfil, tanto na forma coupe como no cabriolet, exprime fluidez, estabilidade e riqueza. Um friso cromado delimita os vidros e alonga a sua silhueta.

O equilíbrio da traseira constitui um dos trunfos mais importantes para o êxito estético deste coupe cabriolet. No caso do 308 CC, procurou-se uma leitura horizontal da face posterior, favorecendo a impressão de largura e de estabilidade. Na parte superior, as formas da tampa do porta-malas acolhem naturalmente o dispositivo aerodinâmico traseiro e a fina lâmina da terceira luz de freio em LED. Na área inferior, a superfície escura do difusor de ar, interrompida no centro pela cor da carroceria, contribui para o alargamento visual do modelo.

Totalmente de acordo com o estilo e a designação do veículo, as rodas de 18 polegadas em alumínio contribuem para o dinamismo do 308 CC.

FARÓIS TRASEIROS TÊM ASSINATURA EXCLUSIVA

De dia como a noite, as lanternas com luzes em LED, inteiramente vermelhas, marcam o 308 CC de forma muito particular e iluminam uniformemente a peça até as extremidades. Desse modo, geram um efeito de “garra” diagonal, recordando o coupe cabriolet 504, de 1969.

CAPOTA RETRÁTIL INTEIRAMENTE AUTOMÁTICA

O 308 CC dispõe de um teto retrátil em duas partes, com uma parte móvel de reduzida superfície e um grande teto traseiro de vidro que se separa da coluna B no momento da dobragem, com vantagem para o espaço ocupado no compartimento de bagagens.

Essa configuração do teto retrátil reduziu o tempo de duração da manobra da capota, agora em 20 segundos, mesmo com o veículo em movimento a uma velocidade inferior a 12 km/h, e sobre os meios para atingir a qualidade em termos de folgas e nivelamentos, de estanqueidade e de robustez de funcionamento.

O mecanismo da capota, composto por tirantes e diversas fechaduras, utiliza cinco êmbolos e uma eletrobomba para movimentá-lo. O conjunto é comandado por uma nova central eletrônica que ativa a descida dos quatro vidros em cerca de 50 mm antes do início da manobra.

O processo de abertura do teto pode ser acompanhado graças à animação difundida na tela de navegação colorida escamoteável, o qual apresenta também mensagens relativas ao funcionamento do teto. O destravamento e a abertura do compartimento de bagagens são telecomandados e efetuam-se por meio de um botão específico na chave de ignição.

Para garantir a estanqueidade lateral do teto, o veículo recorre a um novo conjunto de juntas em forma de “U”, concebidas e desenvolvidas pela Peugeot, escolhidas pelo bom desempenho acústico.

Para assegurar os melhores resultados possíveis em termos de estanqueidade, foi reconduzido o sistema de descida dos vidros (20 mm) quando da abertura das portas (“short drop”), comandado por um sensor com capacidade elétrica de sensibilidade. Quando a mão toca a maçaneta, em alguns milissegundos o vidro baixa e se liberta da junta.

UM ÓTIMO COMPARTIMENTO DE BAGAGENS, EM COUPE E EM CABRIOLET

A traseira do 308 CC foi particularmente trabalhada para conciliar estilo, dinamismo e uma capacidade razoável do porta-malas em qualquer uma das duas configurações.

O trabalho destinado a ganhar preciosos milímetros deu resultado. A largura entre as caixas de rodas aumentou 27 mm para atingir 1.017 mm, enquanto que o comprimento do bagageiro ao nível do piso é de 781 mm. A altura disponível entre o piso do bagageiro e a tela de cobertura é de 304 mm. A distância disponível entre o piso do bagageiro e a tampa da mala é de 581 mm.

Esse desenvolvimento se reflete na capacidade do porta-malas. Na configuração cabriolet, o sistema de teto em duas partes revela-se uma síntese muito eficaz em termos de espaço para as bagagens.

O volume total do bagageiro abaixo da tela de cobertura é de 266 litros (34 litros a mais que a geração anterior do modelo). Na configuração coupe, o volume total do compartimento de bagagens atinge 465 litros.

O porta-malas possui revestimentos laterais acarpetados, anéis cromados para fixação de bagagens, cintas para o triângulo de pré-sinalização e uma prática rede de retenção. O bagageiro dispõe da sua própria fonte de iluminação – uma na tampa da mala, permitindo iluminar verticalmente o bagageiro, e outra na parede lateral, iluminando abaixo da tela de cobertura.

O volume disponível sob o tapete permite alojar em espaços reforçados e sobrepostos, no fundo, as ferramentas de bordo e o estepe, e por cima, o “Windstop” dobrado e o triângulo de pré-sinalização suplementar.

308 CC: UM CARRO PARA TODAS AS ESTAÇÕES DO ANO

O 308 CC mantém um alto nível de conforto, mesmo na versão cabriolet. Isso graças aos seguintes fatores:

· Uma arquitetura em que a inclinação do para-brisa e o abaixamento dos assentos dos passageiros da frente são estruturalmente favoráveis à proteção contra redemoinhos de ar e, associado à coluna de direção regulável em altura e profundidade, confere uma posição de conduzir extremamente esportiva;

· Uma climatização Bi-Zone automática, que reconhece e adapta inteligentemente a sua cartografia à configuração cabriolé, de modo a propor uma temperatura e uma distribuição de ar em correlação com as instruções de comando e as condições exteriores (sol, temperatura exterior…);

· Windstop, uma rede anti-redemoinhos de ar que suprime turbulências e que, depois de utilizada, se dobra em quatro partes e se aloja no porta-malas;

· E, sobretudo, o sistema Airwave (aquecimento da nuca), que, com o motor em funcionamento, lança para a região da nuca dos passageiros da frente um fluxo regulável de ar. Este sistema, integrado em cada um dos apoios de cabeça, é composto por um CTP (Control Temperature Program) em cerâmica e por um pulsor de hélice. Um comando situado junto à saída de ar permite orientar o fluxo, de modo a adaptá-lo à altura do ocupante.

UM INTERIOR DE REQUINTE E CONFORTO

Desenhados na tradição dos coupes topo de gama, os bancos dianteiros possuem apoios de cabeça integrados e parecem modelados ao corpo dos ocupantes. A sua confecção retoma o tema em “V” conhecido do 308 e a grelha estilizada do difusor de ar quente Airwave contribui para a sua originalidade.

Os bancos traseiros, muito cavados, também possuem os apoios de cabeça integrados munidos de uma estrutura que acolhe os arcos de segurança.

A preocupação com exclusividade é também visível numa grande variedade de peças específicas, que contribuem com o requinte da silhueta CC:

· Os mostradores de fundo branco;

· O volante revestido em couro e cuja metade inferior apresenta um friso cromado acetinado;

· Vasta superfície para elementos nobres, tanto no aspecto visual quanto tátil (como o revestimento do tipo slush, macio ao toque);

· A decoração black piano no console central;

· O console central redesenhado em torno de comandos específicos “CC” (teto retrátil, acionamento simultâneo dos quatro vidros, sistema Airwave e controle do display multifunções).

A espuma dos assentos favorece o apoio lombar e as almofadas laterais com interior reforçado oferecem, simultaneamente, conforto e apoio, permitindo que a qualidade perdure no tempo.

Os bancos elétricos constituem uma proeza técnica, já que podem integrar, em simultâneo, o airbag de cabeça, o sistema Airwave, o airbag de tórax/bacia, o aquecimento do banco, o sistema de acesso aos lugares traseiros, o dispositivo de detecção de presença (banco do passageiro), os comandos elétricos do banco e as memorizações das posições de condução (banco do condutor).

FÁCIL ACESSO AOS BANCOS TRASEIROS

Com um tratamento cuidadoso nos mínimos detalhes, este coupe cabriolet de quatro lugares não descuidou do acesso aos bancos traseiros.

Por exemplo, o avanço do assento do condutor é efetuado graças ao puxador lateral do banco, que o inclina para a frente, desencadeando seu escorregamento elétrico. O recuo elétrico do banco efetua-se levantando o encosto e mantendo pressionado um botão localizado imediatamente abaixo do puxador, o que permite, com toda a segurança para os passageiros de trás, escolher a distância de recuo em função da envergadura destes ou, no máximo, até à posição memorizada (do lado do condutor).

Estas atenções sublinham o cuidado dedicado ao acolhimento dos quatro ocupantes, fazendo do 308 CC um verdadeiro quatro lugares, com quatro apoios de cabeça, quatro alças de apoio e quatro vidros móveis, cada um deles com o seu interruptor.

ESPAÇOS PARA ARRUMAÇÃO DE OBJETOS

Os múltiplos espaços de arrumação constituem um ponto forte do 308 CC:

· O porta-luvas de 10,3 litros e o espaço no console central são fechados automaticamente por meio do telecomando quando o veículo é trancado – uma prestação essencial para um modelo potencialmente estacionado como cabriolet;

· As bolsas rígidas nas portas, divididas em duas partes e acessíveis a todos os ocupantes, oferecem 3,10 litros de capacidade em cada lado e permitem receber três garrafas de água de 0,5 litro;

· As redes na parte posterior dos encostos da frente dispõem de uma altura variável em função da presença do sistema Airwave;

· E, como em qualquer 308, o pequeno espaço de 0,53 litro, do lado de condutor, guarda objetos ao alcance da mão, enquanto um gancho permite suspender um ou mais sacos e evitar que o seu conteúdo seja vertido.

A atenção aos mínimos detalhes pode ser também conferida pela iluminação por LED no retrovisor externo, criando um facho de luz ao longo das portas e que completa a iluminação de acolhimento exterior e de ambiente interior (acendimento automático dos faróis, das lanternas, iluminação do limiar das portas e das cavas dos pés).

CONFORTO ACÚSTICO

Prestação importante no caderno de encargos do 308 CC, o conforto acústico se beneficia, desde logo, do trabalho de fundo efetuado na gama 308 em matéria de isolamento. Além disso, foi realizado um importante trabalho que incidiu especificamente sobre a parte traseira desta silhueta, bem como sobre as suas portas (chapa, mecanismo dos vidros, juntas de estanqueidade).

O nível sonoro filtrado se beneficia também do tratamento acústico do cofre do motor e dos diferentes mecanismos presentes do modelo (central eletro-hidráulica do teto, motor do sistema Airwave, etc.), mas também do efeito benéfico do damper, um contrapeso implantado na suspensão traseira para limitar os ruídos de rolamento.

Este conjunto foi otimizado para proporcionar ao 308 CC, em sua configuração coupe, um bom nível de conforto acústico em termos de ausência de ruído aerodinâmico.

308 CC, UM COUPE CABRIOLET “LIGADO”

No 308 CC, o motorista tem à disposição tecnologias e equipamentos modernos de auxílio à condução, em especial da tela de navegação retrátil eletricamente, do auxílio ao estacionamento dianteiro e traseiro, entre outros:

· WIP Nav: sistema de navegação perfeitamente integrada ao veículo em termos de estilo e de ergonomia (comandos sob o volante), oferece inúmeras funcionalidades, como tela ampla de sete polegadas colorida (resolução de 480 x 234 pixels), inclinável em três posições, a fim de proporcionar o melhor ângulo de visão ao condutor, com modo de visualização em perspectiva (birdview). Para preservar a perfeita integração com as linhas do painel de instrumentos, o equipamento é retrátil eletricamente;

· Tratamento digital do som e Sistema de som Hi-Fi: para oferecer alta fidelidade sonora, o 308 CC vem equipado com o pack Hi-Fi da JBL, composto por um amplificador de 500 W e dez alto-falantes (quatro woofers e quatro tweeters dianteiro e traseiro), além de um alto-falante no painel frontal, melhorando a repartição do som dentro do veículo, e um subwoofer de 150 W no porta-malas; o sistema ajusta ainda o volume do som na configuração cabriolé em função da velocidade do veículo;

· Ajuda ao estacionamento dianteiro/traseiro: Tanto para facilitar as manobras de estacionamento quanto para a segurança das pessoas, a ajuda ao estacionamento apresenta amplos benefícios.

O sistema é constituído por quatro sensores instalados no para-choque que detectam qualquer obstáculo ao redor do veículo. O sistema envia um alerta em forma de sinal sonoro, que aumenta sua frequência com a proximidade do obstáculo. Esse movimento é acompanhado por um gráfico na tela de navegação.

O sinal sonoro é emitido pelos alto-falantes dianteiros e traseiros em forma crescente até a proximidade de 25 cm. A partir desse ponto, com o possível choque, o som é intermitente e a palavra “DANGER” surge na tela de navegação;

· Limitador de velocidade variável associado ao regulador de velocidade: O dispositivo oferece ao condutor a possibilidade de não superar uma velocidade preestabelecida, funcionando a partir de 30 km/h. Já o regulador de velocidade permite ao condutor rodar a uma velocidade estabilizada, a partir de 40 km/h, sem a ação do pedal do acelerador, com ao menos a quarta marcha na transmissão manual ou a posição D na caixa automática;

· Estão ainda disponíveis várias outras funções, como rebatimento e abertura automática dos retrovisores, acendimento automático dos faróis, limpador de para-brisa automático com sensor de chuva indexado à velocidade do veículo, retrovisor interno eletrocrômico, dez alto-falantes e rádio com CD Player e tocador de MP3 acoplado ao USB Box com as funções Bluetooth e viva-voz.

SEGURANÇA DE ALTÍSSIMO NÍVEL

A estrutura derivada do 308, bem como os elementos de retenção específicos desta silhueta, asseguram um excelente nível de segurança passiva e protegem os ocupantes na eventualidade de uma colisão frontal, lateral ou em caso de capotamento, o que significa que o 308 CC possui um nível de proteção excepcional diante de um acidente real.

No “teste de proteção de adultos ocupantes do veículo”, o EuroNCAP atribuiu cinco estrelas ao modelo com um resultado excepcional: 36 pontos de 37 possíveis.

A estrutura retoma o bloco dianteiro com três vias de esforço do hatchback, com adaptações ao nível da via superior que se liga à coluna dianteira especificamente reforçada. As longarinas adaptadas resistem a esforços de 12 toneladas e as portas redimensionadas inspiram-se nas do 308 de três portas em termos de robustez ao esmagamento, oferecendo uma resistência de 6,5 toneladas. Em resumo, o 308 CC recebeu as adaptações de estrutura necessárias com o objetivo de que a mesma se conserve tão rígida quanto possível, mesmo na configuração cabriolet.

A coluna dianteira contribui simultaneamente para a rigidez do veículo e para a proteção em caso de capotamento. A parte superior dela é composta por duas conchas ligadas, de espessuras evolutivas, permitindo obter uma melhor relação rigidez/peso que os do 307 CC. A sua resistência ao esmagamento resulta do teste “queda do veículo” simulando um capotamento severo.

Por outro lado, o 308 CC é equipado com bancos mais baixos do que o hatchback e com uma posição de condução tipo coupe, o que constitui uma vantagem adicional no caso de uma colisão. O 308 CC dispõe de airbags frontais de 60 litros para o condutor e 90 litros para o passageiro, de airbags laterais tórax/bacia de 12 litros e de um airbag de cabeça de 9 litros para os passageiros da frente, alojado diretamente no banco e que se extrai lateralmente do apoio de cabeça.

Trata-se, portanto, da única silhueta coupe cabriolet em todo o mundo que dispõe de airbags laterais alojados no banco – cabeça, tórax e bacia – assegurando, deste modo, eficácia da abertura e proteção efetiva de todas as partes vitais do corpo, independentemente da posição do banco no momento do impacto.

Em coerência com sua proposta, os dois lugares traseiros são equipados com cintos de segurança com limitador de esforço e alerta de cinto não afivelado. Um display específico permite visualizar o estado dos quatro cintos de segurança.

Os dois lugares traseiros são equipados com fixações para bancos de criança Isofix, com encaixes ainda mais práticos, enquanto que uma segurança para crianças permite bloquear os vidros traseiros a partir de um comando instalado na porta do condutor. Este conjunto possibilitou ao 308 obter 3 estrelas no teste de proteção de crianças ocupantes do veículo, colocando o 308 CC no pódio da categoria.

Face à eventualidade de um capotamento, o 308 CC é equipado com arcos retráteis em perfil de alumínio, “escondidos” nos apoios de cabeça traseiros. A sua abertura pirotécnica efetua-se no caso da detecção de uma situação de risco, tendo em conta a velocidade do veículo e um certo ângulo determinado por meio de um algoritmo. A partir do momento em que é determinada a abertura, a extração dos arcos efetua-se em menos de 20 milissegundos (inferior a um piscar de olhos).

Há ainda outros aspectos que demonstram a segurança do veículo:

· Fechamento automático por telecomando de alguns espaços para arrumação de objetos (porta-luvas, zona sob o apoio central de braços) quando as portas do veículo são trancadas;

· Fechamento central de portas e seletividade no destravamento delas;

· Alerta sonoro de esquecimento da chave na ignição quando a porta é aberta.

308 CC: ENCONTRO COM O PRAZER DE CONDUÇÃO

O 308 CC vem equipado com o motor THP (Turbo High Pressure), um conjunto motrizextremamente moderno e tecnológico. Desenvolvido em cooperação com a BMW, o motor é fabricado em bloco de alumínio e cabeçote composto de 16 válvulas com comando de admissão variável e balancins roletados. O propulsor é alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina que desenvolve 165 cv de potência a 6.000 rpm. Com torque máximo de 24,5 kgfm disponível a 1.400 rpm, oferece ao condutor força e segurança em ultrapassagens e retomadas de velocidade.

CÂMBIO AUTOMÁTICO SEQUENCIAL DE SEIS MARCHAS

Acoplada a essa motorização está a caixa automática sequencial de seis velocidades. Trabalhando sempre com o melhor regime de rotação do motor, ela permite uma rápida e suave troca de marchas, contribuindo em boa parte ao prazer de condução proporcionado pelo 308 CC.

Com conversor de torque pilotado, uma embreagem interna efetua a ligação mecânica entre o motor e a caixa, gerando o efeito de "freio motor". Assim, o condutor tem a mesma sensação de um carro equipado com caixa manual: ao retirar o pé do pedal do acelerador, o veículo "freia" pelo motor. Dessa forma, há maior economia dos freios e de combustível, visto que a injeção, nessa condição, não joga uma gota sequer de gasolina para ser queimada.

COMPORTAMENTO DINÂMICO E SEGURANÇA

O comportamento dinâmico do 308 CC foi determinado com o objetivo de proporcionar prazer de condução e segurança ativa, com um bom nível de conforto.

Estruturalmente, o 308 CC se beneficia da arquitetura das suspensões escolhidas para o 308, das suas bitolas largas, da experiência da Peugeot em matéria de coupe cabriolet e, também, da adaptação destes conhecimentos a esta silhueta transformável, particularmente bem tratada em termos de rigidez à torção, um elemento determinante para obter um bom comportamento em estrada.

A estrutura rígida do 308 CC, associada a eficientes meios de retenção (seis airbags) garantem proteção exemplar do modelo, que é equipado com sistema ABS (Bosch 8.1), repartição eletrônica de frenagem (REF) e ajuda à frenagem de emergência (AFU). O acendimento automático do pisca alerta em caso de forte desaceleração completa este dispositivo.

O ESP (Eletronic Stability Program) de última geração detecta e corrige riscos de perda de aderência em situações como curvas fechadas, desvios bruscos e pisos escorregadios, atuando sobre os freios e o acelerador. O equipamento acrescenta a essas funções um sistema de antipatinagem (ASR) e controle de estabilidade (CDS). Ele pode ser desconectado, para garantir uma certa motricidade em situações delicadas, voltando a se conectar automaticamente acima de 50 km/h.