PORSCHE CAYENNE GTS

2015 - PORSCHE CAYENNE GTS

PORSCHE CAYENNE GTS imagens e fotos de carros

O novo Porsche Cayenne GTS anuncia seu caráter esportivo excepcional com seu próprio nome. As letras GTS remontam ao famoso 904 Carrera GTS de 1963. Em 2007, o Cayenne GTS se tornou o primeiro Porsche da era moderna a reviver a sigla. Desde então, o nome GTS representa na Porsche versões especialmente esportivas. A linha Cayenne passa a ter também a nova versão básica, com o bem conhecido motor de 3,6 litros a gasolina.

Quem dirige um Porsche gosta que seu carro seja esportivo, independentemente de ele ter duas ou quatro portas. Com uma participação de 11%, a versão GTS do Cayenne representa uma alta proporção na linha daquele que é atualmente o modelo mais bem sucedido da Porsche, tendo esse carro esportivo de quatro portas contribuído em muito para o crescimento lucrativo da empresa. Ao mesmo tempo, eles garantem a realização de investimentos futuros em toda a linha de produtos.

Não é apenas o nome do Cayenne GTS que é ressonante. O motor V6 biturbo de 3.6 litros, apresentado no Cayenne S, teve um aperfeiçoamento voltado ao desempenho, proporcionando ainda um consumo mais baixo. Em comparação com a versão anterior, que contava com motor V8 com aspiração natural, a potência teve um aumento de 20 cv, sendo agora de 440 cv, com 85 Nm a 600 Nm de torque, enquanto o consumo de combustível conta com uma redução de até 0,9 litros a cada 100 km percorridos. O Cayenne GTS acelera de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos, ou em apenas 5,1 segundos com o pacote Sport Chrono opcional. Isso representa 0,5 e 0,6 segundos a menos que a versão anterior, respectivamente. Sua velocidade máxima é 262 km/h. Ele vem de fábrica com um sistema de escapamento esportivo, que gera o bem conhecido som robusto do GTS.

Também importante é o fato de, graças à sua suspensão, o Cayenne GTS cativar os motoristas com sua dirigibilidade inconfundível. O sistema de amortecimento por meio da gestão de suspensão ativa da Porsche (Porsche Active Suspension Management, PASM) tem uma configuração esportiva. Com a ajuda das molas de suspensão de aço que vêm de fábrica, o veículo foi rebaixado em 24 mm, sendo ele rebaixado em 20 mm com a suspensão a ar opcional. Outros equipamentos de fábrica incluem os freios do Cayenne Turbo com discos de 390 mm no eixo dianteiro (358 mm no eixo traseiro), incluindo as pinças de freio pintadas em vermelho, típicas do estilo do Turbo.

Outros atributos de design também transformam o Cayenne GTS externamente em um veículo esportivo. Ele vem de fábrica com aberturas para entrada de ar grandes, ao estilo do Turbo, e com o pacote Sport Design, incluindo soleiras laterais e extensões do arco da roda mais modeladas. Estas últimas, assim como o spoiler de teto e a parte inferior da traseira inferior do veículo, são pintadas na cor da carroceria do carro. A cor preta oferece alguns contrastes marcantes: todas as inscrições são em preto, assim com as rodas de 20 polegadas com o design RS Spyder, os canos do escapamento, as aberturas internas dos faróis bi-xenon e os encaixes dos faróis traseiros de LED escurecidos. As portas dianteiras contam com uma nova característica: a sigla GTS em destaque.

O caráter esportivo continua no interior. Os bancos esportivos GTS com oito modos de ajuste elétrico com acabamento em couro/Alcantara, incluindo a sigla GTS nos encostos para cabeça, vêm de fábrica. Alcantara é o material de estofamento predominantemente utilizado dentro do carro. O pacote GTS interno está opcionalmente disponível nas cores vermelho carmim ou prata ródio, com o indicador de contagem de rpm, a costura decorativa, sigla no encosto para cabeça e cintos de segurança em cor contrastante.

O motor utilizado na nova versão básica do Cayenne é o bem conhecido V6 de 3,6 litros com aspiração natural que oferece 300 cv de potência. Ele faz com que Cayenne acelere de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos, ou em 7,6 segundos com o pacote Sport Chrono opcional. Isso é 0,2 segundos mais rápido que antes e, a 230 km/h, a velocidade máxima é a mesma da versão anterior. Assim como todas as novas versões do Cayenne, ele se beneficia de medidas gerais de eficiência como, por exemplo, a movimentação em marcha neutra, a função Auto Stop/Start e a gestão térmica, que resultam em uma queda no consumo de combustível de 0,7 litros a cada 100 km percorridos em comparação à versão anterior, sendo agora de 10,8 km/l. Isso equivale a emissões de CO2 de 215 g/km, ou seja, 21 g/km menos que antes.

Em comparação com a versão anterior, o novo Cayenne vem com um equipamento de fábrica mais completo. Além do novo Tiptronic S de oito marchas com função Auto Stop/Start e movimentação em marcha neutra, o carro possui, por exemplo, faróis principais de bi-xenon com luzes diurnas de LED de quatro pontos, volante multifuncional com alavancas e abertura automática da tampa do porta-malas.

O lançamento mundial do Cayenne e do Cayenne GTS ocorrerá no dia 19 de novembro na Exposição de Automóveis de Los Angeles de 2014. Eles deverão chegar ao mercado brasileiro no segundo trimestre de 2015.