RANGE ROVER SPORT HST

2020 - RANGE ROVER SPORT HST

RANGE ROVER SPORT HST imagens e fotos de carros

O Range Rover Sport estreia uma mecânica semi-híbrida. A linha do SUV britânico se enriquece com o desembarque do novo motor a gasolina de seis cilindros em linha com 3.0 litros e 400 cv, um propulsor que é eletrificado graças a um sistema Mild Hybrid. Alto desempenho combinado com um grande refinamento e rápida resposta, ao mesmo tempo que melhora o consumo de combustível e os níveis de emissões.

Para celebrar a introdução dessa motorização a Land Rover oferecerá a edição especial HST. O novo Range Rover Sport HST já se encontra à venda na Europa. Esta série apresenta vários elementos específicos tanto no interior como no exterior. Entre eles, destacam-se as molduras de fibra de carbono com anagramas exclusivos no capô, na grade frontal, nas telas de ventilação laterais e na tampa do porta-malas.

O novo Range Rover Sport HST estará disponível em cinco cores exteriores: Santorini Black, Fuji White, Indus Silver, Firenze Red e Carpathian Grey. Também se poderá optar entre dois desenhos de rodas de liga leve. As rodas deixam entrever as pinças de freio na cor vermelha de série ou como opcional em cinza anodizado.

Em relação ao interior, surgem bancos dianteiros Dynamic em couro e com uma nova cor. Além disso, as aletas do volante e o anagrama HST se destacam pelo acabamento na cor Satin Chrome. Entre o equipamento de série haverá uma grande quantidade de sistemas de assistência à condução, como o controle de cruzeiro adaptativo e o sistema de frenagem de emergência em alta velocidade, entre outros.

O novo motor V6 a gasolina e 3.0 litros desenvolve uma potência total de 400 cv e 550 Nm de torque máximo. Surge acoplado a uma transmissão automática e a um sistema de tração total. Graças a essa configuração o Range Rover Sport HST é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 6.2 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 225 km/h. Junto ao motor surge um propulsor elétrico de apoio MHEV que consegue melhorar a eficiência. Anuncia um consumo médio de 10.75 km/l e emissões de CO2 de 213 g/km.

O sistema semi-híbrido permite recuperar a energia durante as frenagens e as desacelerações, e armazená-la em uma bateria de 48 volts para seu uso posterior, por exemplo, quando se dá a partida no carro e se inicia o movimento.