SHELBY DAYTONA COUPE V8 427 BIG-BLOCK

2017 - SHELBY DAYTONA COUPE V8 427 BIG-BLOCK

SHELBY DAYTONA COUPE V8 427 BIG-BLOCK imagens e fotos de carros

A surpresa da Shelby American para os eventos de Pebble Beach se materializou esta semana durante o Rolex Monterey Motorsports Reunion, celebrado no circuito de Laguna Seca. Ao contrário de como costuma agir a marca, até o momento de sua apresentação não haviam informado sobre essa revelação, que passa a ser um dos modelos mais interessantes lançados pela empresa de Carroll Shelby nos últimos anos.

A história das atividades esportivas de Carroll Shelby durante o programa Total Performance da Ford são bem conhecidas, no entanto, esta é uma versão quase desconhecida do público, a versão de motor big-block do mítico Shelby Daytona coupe. Na verdade, oficialmente era uma versão que nunca havia sido completada e que, portanto, não havia existido. Até esta semana, já que a marca revelou novos detalhes sobre o projeto nunca acabado de Carroll Shelby, a sua ‘arma secreta’ para as 24 Horas de Le Mans de 1964.

Naquela época, o plano original de Shelby contemplava aumentar um dos 6 chassis existentes do Shelby Daytona, o número CSX2286, para poder introduzir um motor big-block V8 427 (7.0 litros) no lugar dos blocos V8 289 (4.7 litros) que eram utilizados habitualmente nesses chassis. A diferença de tamanho entre ambos os blocos obrigou a modificação do chassi em sua parte dianteira, esticando-o 3 polegadas (7.62 cms), assim como o próprio capô.

Foi preparado somente um destes chassis experimentais, mas lamentavelmente, o caminhão que o transportava sofreu um acidente, e Shelby não teve tempo de repará-lo antes da corrida de Le Mans de 1964, por isso que nunca chegou a estrear. O chassi original, o CSX2286, foi novamente transformado, e chegou a correr em Le Mans no ano seguinte, mas de novo com um motor V8 289. Somente os Ford GT40 conseguiram correr em Le Mans com os impressionantes motores de 7.0 litros, mas na categoria de protótipos, podemos ter uma ideia do que teriam sido rápidos os Shelby Daytona, já por si só potentes e muito competitivos, se tivessem conseguido competir com esses enormes motores V8.

A Shelby American lançará agora uma nova edição especial de continuação, com seis novos números de chassis para recriar uma produção similar ao do Shelby Daytona coupe original, do qual foram montados somente 6 exemplares.

Essa nova série contará com as mesmas especificações projetadas para aquele protótipo original, com 3 polegadas a mais de comprimento e os motores V8 427 Shelby de alumínio, que neste caso entregam mais de 557 cv, surgindo acoplados a uma transmissão manual de quatro velocidades, assim como usaria o modelo original dos anos 70. O primeiro exemplar mostrado em Laguna Seca conta com sua carroceria de alumínio natural, outra opção possível para os 6 afortunados clientes, e com o número 4, o mesmo que teria utilizado o chassi experimental em 1964.