SHELBY SERIES 2 ROADSTER

2018 - SHELBY SERIES 2 ROADSTER

SHELBY SERIES 2 ROADSTER imagens e fotos de carros

Após vários anos modificando modelos do grupo Chrysler, incluindo seu leve envolvimento no projeto Dodge Viper, Carroll Shelby voltava a ser notícia no setor automobilístico graças ao espetacular Shelby Series 1, um incrível roadster de linhas clássicas dotado de enormes motores V8 de origem General Motors.

Esse modelo era considerado um tipo de sucessor espiritual do Cobra dos anos 60, mas não se baseava em nenhum modelo conhecido. Foi concebido por Carroll Shelby a partir do zero, por isso podemos considerá-lo como o verdadeiro primeiro modelo completo de Shelby, já que o Cobra era realmente baseado em um modelo britânico, o AC Ace.

Do Shelby Series 1 foram fabricados somente 249 exemplares, e embora houvesse planos e inclusive investimento para lançar uma nova versão, denominada Series 2, esta nunca chegou. Devido principalmente aos problemas financeiros da empresa de Shelby, que foi inclusive comprada nessa época, e aos custos de homologação do modelo.

Agora, em conjunto com a Wingard Motorsports, que adquiriu os direitos e os ferramentais do Series 1 original há anos, a Shelby American acaba de lançar uma nova versão no formato de edição ultralimitada, pois serão fabricados somente quatro exemplares por ano.

O chassi continua sendo o original utilizado no Series 1, um leve monocasco de alumínio, mas o novo modelo contará com novos elementos também em alumínio e fibra de carbono, por isso que a empresa anunciou que o carro será cerca de 12% mais leve que seu antecessor. A própria carroceria poderá ser fabricada, conforme a escolha do comprador, em alumínio, titânio ou fibra de carbono. O chassi se completa com uma nova suspensão e um sistema de freios de alto rendimento, além dos pneus Michelin Pilot Cup 2.

Em relação aos motores, serão os que constam do extenso catálogo da Shelby American, incluindo os motores V8 427 de maior tamanho. Segundo a empresa, poderá acomodar blocos com mais de 800 cv, mas isso fica à escolha do cliente. Levando em conta que as versões mais potentes do Series 1 não chegavam aos 500 cv, o avanço do novo Series 2 é considerável.