VOLKSWAGEN T-ROC UK VERSION

2018 - VOLKSWAGEN T-ROC UK VERSION

VOLKSWAGEN T-ROC UK VERSION imagens e fotos de carros

A marca alemã apresentou em streaming a partir da Itália o novo Volkswagen T-ROC 2018, seu novo modelo B-SUV que toma como base o Audi Q2 para chegar ao segmento crossover sub-compacto para encarar propostas do porte de um Nissan Juke ou um Renault Captur, entre outros.

A marca revelou o seu novo crossover em um evento especialmente organizado na Itália, aonde o carro chegou com uma imagem muito familiar, já que utiliza os elementos de design da última fornada de modelos da marca.

A primeira coisa que chama a atenção é a parte dianteira, que lembra o concept lançado pela marca em 2014. As formas da grade dianteira e dos faróis são muito similares aos do Arteon, com as pequenas ópticas horizontais seguindo o perfil da grade, tentando criar a sensação de fazer parte dela. Debaixo dos faróis principais surge um segundo jogo de ópticas, de formas poligonais, marcados por um atrativo LED, na mesma posição onde o concept mostrava as enormes ópticas circulares.

Toda a parte baixa do crossover conta com elementos plásticos protetores de cor preta, e debaixo do para-choque dianteiro surge um elemento de cor metálica simulando um reforço. O modelo é marcado por um caráter urbano, e apesar de contar com versões de tração total, nem o chassi nem os pneus foram concebidos para sair do asfalto.

As lanternas traseiras apresentam formas poligonais, e a parte traseira dispõe de várias aberturas que ressaltam muito a altura do modelo quando visto dessa perspectiva. O resultado é uma figura muito dinâmica, ao estilo do que demanda o segmento B-SUV. O interior surge com formas também muito familiares, já que lembra muito o interior do recém-apresentado Volkswagen Polo.

Como o Polo, o novo T-ROC 2018 conta com um painel esculpido com formas retas e poligonais, com a tela central na parte superior do painel, com um pequeno console central com os comandos da climatização debaixo dela. No caso do Polo, entre eles encontramos as saídas de ventilação centrais, mas o T-ROC as dispõe nos lados da tela e de forma vertical.

O novo T-ROC utiliza a mesma plataforma MQB A1 do grupo VW que é utilizada no Audi Q2, portanto, aparecem alguns elementos deste no novo T-ROC, como o pilar C. Na verdade, ambos os modelos compartilham a mesma distância entre-eixos, que é de 2.6 metros. O restante das medidas do novo B-SUV da Volkswagen são similares às do Audi: 4.23 metros de comprimento, 1.82 metros de largura e 1.57 metros de altura. Mas o seu porta-malas é um pouco maior que o do Q2, pois dispõe de 445 litros com os encostos levantados, cerca de 40 litros a mais que o Audi. Sua capacidade máxima com os encostos rebatidos é de 1.290 litros.

Por enquanto somente foram confirmadas versões mecânicas de combustão interna tradicional. No total, estarão disponíveis 3 motores a gasolina e 3 diesel, motores de 3 e 4 cilindros e curiosamente, com os mesmos níveis de potência em ambos os casos, 115, 150 e 190 cv. Conforme a versão haverá tração dianteira ou total e transmissão automática DSG de 7 velocidades.

A marca não revelou ainda a estrutura de equipamento da nova linha, mas certamente incluirá a partir das versões de acabamento mais básicas, ópticas LED tanto dianteira como traseira, reconhecimento de sinais de trânsito, assistente de prevenção de colisões com frenagem de emergência e assistente pós-colisão, assim como o assistente de manutenção de faixa.

Nos acabamentos mais altos encontraremos elementos como a carroceria de duplo tom, bancos esportivos e pedais esportivos, e inclusive iluminação ambiental em vermelho. Também haverá um pacote opcional R-Line, que dispõe de um novo desenho mais agressivo para os para-choques.